Arquivo de setembro, 2010

27 set

tumblr_kql2glz08b1qzhtfgo1_500Estava na semana passada ministrando aulas em um MBA quando um funcionário da instituição, bem desanimado, comentou que um primo dele tinha até doutorado e estava ganhando uma miséria fazendo bicos. Aguardava uma bolsa para estudar mais um pouco. Injustiça, né?

Mas será mesmo?

Sinceramente, acho que não. Pela descrição do perfil, parece que o rapaz é estudante profissional. Não há nada de mal nisso, mas que ninguém espere ganhar fortunas dependendo apenas de bolsas de estudo.

O problema é que algumas pessoas costumam levar ao pé da letra aquelas manchetes escandalosas publicadas nas capas de revistas de negócios dizendo que um curso de MBA pode aumentar seu salário em muitos porcento. Vejo gente fazendo as contas do investimento, computando a diferença entre a mensalidade e o incremento no contracheque que espera obter. O problema é que isso não acontece automaticamente, como muitas reportagens querem fazer crer; então, o que se vê por aí é uma legião de pós-graduados subempregados e reclamando da vida.

(mais…)

26 set

Para mim, uma das soluções de diferenciação de embalagem mais bacanas que existem é quando uma determinada marca convida um artista ou designer para assinar uma edição limitada.

A água mineral Evian já fez isso várias vezes, mas, na minha opinião, agora ela se superou. Essa lindeza que o estilista Issey Miyake fez é ou não é uma das coisas mais bonitas que já se viu em forma de garrafa de água? Como ela é de vidro, fica fácil fácil transformá-la num charmoso vaso. Acho que não vão vender aqui no Brasil. Pena…

evian_isseymitake

Tava lá se exibindo no Lovely Package.

26 set

O Yungeen Yong, estudante de design na Australia bolou uma embalagem para suco de caixinha que faz a gente se perguntar por que ninguém pensou nisso antes. Essas fatias de fruta não são mesmo inspiradoras?

Achei no Noquedanblogs.

26 set

Olha só que latinhas de biscoitos mais lindas! Duvido que alguém tenha coragem de jogar a embalagem fora. A sacada é dos designers do estúdio britânico Smith & Milton. Eu quero!

crabtree1

Achei na Lovely Package.

26 set

Já pensou se qualquer criança pudesse se “matrícular” nessa escola, sem limite de quantidade, como seria? Essa coisa de estruturar convênios para repasse de métodos pedagógicos é complicada, mas eles podiam pelo menos garantir que quem vai usar a marca foi adequadamente alfabetizado e aprendeu coisas como acentuação, pontuação e uso de maiúsculas, né?

matr_cule

Essa realização é do João Carlos Teixeira.

25 set

Puxa, tem gente que consegue mesmo “sair da casinha” para ter ideias inovadoras. Olha só esse relógio do designer Daniel Will – Harris; os ponteiros ficam parados e quem se mexe são os números. Não é realmente original? Aqui dá para ver como funciona direitinho, é hipnotizante.

O sujeito parece ser obcecado por relógios, pois já bolou vários muito originais (olha aqui). Fiquei sabendo pela newsletter do Yanko Design.

23 set

Fotografia: Steim

Recebi uns trechos desse post por e-mail e adicionei algumas experiências pessoais; publiquei aqui em 2008. De lá pra cá, parece que pouca coisa mudou, olha só e ria (para não chorar):

***

Um sujeito comprou uma geladeira nova e pra se livrar da velha, colocou-a em frente à casa com o aviso: “De graça. Se quiser, pode levar“. A geladeira ficou três dias, sem receber um olhar dos passantes. Ele chegou à conclusão que as pessoas não acreditavam na oferta. Parecia bom demais pra ser verdade, e ele mudou o aviso: “Geladeira à venda por R$ 50,00“. No dia seguinte, ela tinha sido roubada. O pessoal que levou a geladeira vota.

***

Olhando uma casa para alugar, meu irmão perguntou à corretora de imóveis de que lado era o Norte, porque não queria que o sol o acordasse todas as manhãs. A corretora perguntou: “O sol nasce no norte?” Quando meu irmão explicou que o sol nasce no Leste (aliás, há um bom tempo isso acontece) ela disse: “Eu não me mantenho atualizada a respeito desse tipo de coisa“. Ela também vota.

***

Antigamente, eu trabalhava em suporte técnico num centro de atendimento a clientes em Manaus. Um dia, recebi um telefonema de um sujeito que perguntou em que horário o centro de atendimento estava aberto. Eu disse a ele: “O número que o senhor discou está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.” Ele perguntou: “Pelo horário de Brasília ou pelo horário de Manaus?” Pra acabar logo com o assunto, respondi: “Horário de Manaus“. Ele vota.

***

Meu colega e eu estávamos almoçando no restaurante self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes administrativas falando a respeito das queimaduras de sol que ela havia tido, ao ir de carro ao litoral. Estava num conversível, por isso, “não pensou que ficaria queimada, pois o carro estava em movimento“. Ela também vota.

***

Minha cunhada tem uma ferramenta salva-vidas no carro, projetada para cortar o cinto de segurança, se ela ficar presa nele. Ela guarda a ferramenta no porta-malas! Minha cunhada também vota.

***

Meus amigos e eu fomos comprar cerveja para uma festa e notamos que os engradados tinham desconto de 10%. Como era uma festa grande, compramos 2 engradados. O caixa multiplicou 10% por 2 e nos deu um desconto de 20%. Ele também vota.

***

Eu não conseguia achar minhas malas na área de bagagens do aeroporto. Fui, então, até o setor de bagagem extraviada e disse à mulher que minhas malas não tinham aparecido. Ela sorriu e me disse para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos. “Apenas me informe… o seu avião já chegou?” Ela também vota.

***

Esperando ser atendido numa pizzaria observei um homem pedindo uma pizza para viagem. Ele estava sozinho e o pizzaiolo perguntou se ele preferia que a pizza fosse cortada em 4 pedaços ou em 6. Ele pensou algum tempo, antes de responder: “Corte em 4 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços.” Isso mesmo, ele também vota.

***

Num curso sobre projetos, uma das equipes encontrou um resultado diferente do professor. Mesmo depois dele ter demonstrado matematicamente a resposta correta, uma das pessoas do grupo disse que isso não queria dizer nada, pois “cada um tem a sua lógica“. Essa pessoa vota.

***

Fui cumprimentar um colega pelo seu aniversário e comentei que era muito bom a data ter caído num sábado. Pois ele retrucou que era uma pessoa de muita sorte, pois todo ano o aniversário dele caía em um sábado. Sim, ele vota.

***

Estava olhando um carro para comprar, mas não tinha nenhum modelo na loja. O vendedor me disse bem sério: “Esse carro está dando o maior problema”. Assustada, perguntei por que. Ele disse: “é que todo mundo quer comprar e não tem para vender“. É, ele não só vota como também vende.

***

Fui olhar uma moto (ó, azar, também não tinha nenhum modelo na loja) e o vendedor disse com um ar grave: “Não sei se vocês sabem, mas essa moto está em extinção”. Como o modelo acabara de ser lançado, perguntei, como assim? Ele esclareceu: “É que a moto é muito boa e a polícia de São Paulo encomendou 700 unidades. Então a produção vai ficar dedicada e só vai ter moto em loja de novo daqui a uns 3 meses”. Ahhh….. claro que ele vota.

***

Numa reunião de condomínio, foram apresentadas cotações para uma reforma. Uma das condôminas disse que era contra esse tipo de pesquisa porque ela “não acredita nesse negócio de cotação“. Ela vota. E não só no condomínio.

***

Um dia estava numa loja e estava interessado num produto de R$90,00. Perguntei se tinha desconto à vista e a vendedora falou que tinha sim, de 10%. Soltei um HUMM.. e fiquei calado pois estava pensando se comprava ou não, e vi que ela pegou um calculadora e após alguns segundos disse: “Com desconto vai sair R$9,00 mais barato, vai ficar R$81,00″. CRARO, ela vota… (Contribuição do Michel Téo Sin)

***

Isso explica muita coisa, né?

22 set

Não, você não leu errado! Essa aberração linguística é a estrela de uma campanha para angariar estagiários de design para trabalhar numa agência cujo principal cliente é uma rede de…. escolas de inglês! E a agência não sabe a diferença básica entre design e designer.

Sem falar nessa coisa de “virar design” — como assim, Bial? Dá uma reboladinha e… virou? Pelo jeito, o pileque dos criativos foi tão grande que acharam a ideia genial a ponto de reaproveitá-la na outra frase onde eles prometem que os estudantes vão virar gente!

A agência que criou a pérola se vangloria por atender o grupo “líder no segmento de ensino de inglês para o público adulto.Hããã???

A Winnie Bastian (Design do Bom) foi quem me mandou o presente (essa menina me conhece bem e sabia que eu ia adorar). Olha, tanto ela como eu não recomendamos você se inscrever não. Vai que você “vira design“….

21 set

Puxa, mesmo com a mesa transbordando de trabalho e a agenda explodindo, hoje tirei o dia para ser modelo. É que contratei o fotógrafo mais bacana e competente que conheço para fazer com que meu novo site e blog fiquem realmente com a cara de profissionalismo que quero que meu trabalho tenha.

O Michel Téo Sin é ótimo e o dia foi divertidíssimo (vamos abstrair os micos que paguei, já que alguns dos cenários eram locais públicos, tá?). Estou muito curiosa para ver os resultados, que, tenho certeza, devem ter ficado ótimos.

Aliás, num dia chuvoso e com uma luz horrorosa como foi hoje é que dá para ver realmente o talento de um bom fotógrafo. Aguardem e verão que eu não estou brincando…

Nas fotos aqui em casa o Michel contou com o auxílio luxuoso do Otávio, que acompanhou tudo

Fala a verdade: o branco do olho ficou igualzinho ao da Gisele...

Amanhã vamos gravar o vídeo que vai para a capa. Não é para me gabar não, mas esse site vai ficar chique no úrtimo!!

20 set

Muita gente não faz coisas bacanas e usa a desculpa toda desfiada que é porque não tem recursos. Pois o recurso que se precisa é um só: um cérebro em boa forma!

Olha só o que os publicitários da agência Wieden+Kennedy conseguiram fazer com um telefone Nokia N8. O filminho é todo em stop motion (fotos tiradas em sequência) e não podia ser mais brilhante (sem falar na fofura). Clique e curta…

Achei no Noquedanblogs.

18 set

Quando vejo essa propaganda antiga, genial e premiadíssima da Folha de São Paulo, não posso deixar de pensar em um certo presidente com trocentos por cento de aprovação popular, que acha que a imprensa tem liberdade demais, que os direitos humanos são pura frescura, que os partidos que fazem “oposição” a ele têm que acabar, além de ser amigão do peito de todos os piores ditadores da história recente. Agora ele está tentando eleger um poste e tudo leva a crer que vai conseguir. E o pior é que as alternativas não são nada animadoras.

Medo.

Achei lá no Bicho de Goiaba.

Publicado em cotidiano
5 Comentários

17 set

Mais uma ótima daqui do Xinelão.

17 set

“O segredo do sucesso é fazer alguma coisa que você ama, fazer isso bem e ser reconhecido por isso”.

George Carlin

16 set

Esse comercial da Nissan está fazendo o maior sucesso, e não é à toa. Faz tempo que não vejo um garoto-propaganda tão fofinho e carismático. Dá vontade até de levar esse gigante branco para casa!

Mas só espero, sinceramente, que esse não seja um urso de verdade, porque não quero nem imaginar a situação estressante para um animal que é gravar um comercial longo e complexo como esse.

Ainda tem o questionamento de que nenhum carro é tão ecologicamente correto assim a ponto de merecer o agradecimento de quem quer que seja (poluir menos o meio ambiente é mera obrigação, e o carro sendo elétrico não garante que a energia não venha de usinas termoelétricas poluidoras, por exemplo). Então, acho que o pessoal da Nissan pegou pesado nas indulgências (já falei sobre elas aqui).

Mesmo assim, a propaganda ficou simpática e fofa. Só espero, realmente, que o urso seja virtual.

***

PS: Pesquisei um pouco mais e achei o making of do trabalho. Realmente o urso é de verdade (e todo mundo se apaixonou por ele) e parece ter sido bem tratado, pois parecia bem à vontade nos bastidores. De fato, as cenas mais estressantes foram montadas e a tomada final contou até com um homem fantasiado de urso. Ainda bem…

Para quem quiser ver, o making of está aqui.

15 set

Oi, pessoas! Muita gente tem me escrito dizendo que o blog está lento (também tenho notado). Conversei com alguns especialistas e o povo me disse que o problema é que ele está hospedado em Ruindows (vejam que minha implicância não é gratuita). Tive que usar essa plataforma por causa do site, que foi programado com uma ferramenta baseada nesse sistema operacional.

Mas logo isso vai mudar! Já estão no forno um site e um blog novinhos em folha, com muito mais funcionalidades, mais bonitos e mais rápidos, pois serão hospedados em Linux. O site será todo escrito em WordPress, o que fará com que site e blog passem a ser, finalmente, amigos íntimos, como sempre foi meu desejo. Quem está fazendo o trabalho é a Marcca Comunicação, por meio de sua agência digital Intuicom. As fotos agora serão profissionais, a cargo do genial Michel Téo Sin.

É coisa de uma mês ou um pouquinho mais. Não percam por esperar!!!

13 set

Fotografia: Matt Stuart

Tá bom, você, como eu, não consegue mais ouvir sobre o tal foco no cliente. É um tal de “nossa empresa tem foco no cliente, viu? Nós acordamos, comemos, trabalhamos, dormimos e sonhamos pensando em como fazer nossos clientes felizes” que não é fácil. Claro que na parede, não falta nunca uma declaração de missão e visão, espremendo a palavrinha mágica “cliente” entre previsíveis e entendiantes gerúndios, combinando bem com a moldura de gosto duvidoso.

E se em vez de ficar nesse teatrinho de roteiro ruim, as empresas realmente pensassem no cliente, só de vez em quando, para variar? Não precisa ser nada muito difícil para começar.

Brindes com a marca da empresa estampada de maneira bem discretinha dentro da pasta/sacola/bolsa já contribuiria muito para evitar a sensação de raiva que dá ao ver aquela pasta bacaninha totalmente destruída por uma marca gigantesca bem na frente (algumas tem o desplante de incluir alguma frase idiota com a palavra “cliente”).

Vamos falar sério: alguém que realmente pensa no cliente seria capaz de uma indelicadeza dessas? Estampar sua marca de maneira indiscreta, intrusiva e deselegante pode, em algum planeta, ser encarado como uma gentileza (que, de resto, pelo menos teoricamente, deveria ser o objetivo primeiro dos tais mimos)? Não seria muito mais fino ganhar um porta cartões de visita cuja marca do generoso patrocinador estivesse grafada discretamente do lado de dentro? Você não deixaria nunca de ver a tal marca, mas não nutriria um sentimento de raiva insana cada vez que a olhasse e, melhor, passaria a usar e valorizar de fato o tal brinde.

(mais…)

13 set

Na última vez que estive em Sampa resolvi experimentar o tal do frozen yogurt para ver qual era (parece que a coisa virou febre). Eu, que não sou chegada em sorvete, achei legalzinho (é tipo um sorvete, só que mais ácido). Achei meio caro (como de resto, tudo numa praça de alimentação de shopping).

Aqui em Floripa já abriram umas quantas lojas de marcas diversas e, semana passada, como estava trabalhando no shopping Beiramar, fui comprar um copinho. Gente, a versão menor e mais baratinha que existia custava R$ 8,00. Pode? Estava bom, mas isso é o preço de um Häagen-Dazs, minha gente!

Agora descobri o Dinâmica de Bruto e o cara consegue ser tão ácido, politicamente incorreto e irresistivelmente sarcástico como o Os malvados. Amei. Olha a tirinha dele que fala dos tais frozen yogurtes. Ahahahahah…..

yoguba

13 set

Trabalho, trabalho, trabalho… final de semana foi punk. Mas os dias estavam propícios mesmo, feinhos de doer. O Conrado resolveu assistir um filme no computador (a gente não tem televisão) e descobriu que os gatículos adoram assistir TV. Menos o Haroldo, que ficou trabalhando junto comigo.

Um homem e 3 gatos

O quarto gato estava de serviço...

11 set

Para mim, o carro mais lindo que existe é o Smart (ok, gosto não se discute), mas coladinho vem o Mini Cooper. Mas agora, esses estampados fizeram a coisa virar covardia. É que o prestigiado The Cool Hunter convidou alguns artistas e designers para envelopar esses carrinhos que já são fofos de nascença. Eu não consegui escolher um só (ficaria dando pulinhos de alegria com qualquer um deles). E você?

carwrap

11 set

Num país grande e com um baixo nível de escolaridade como o nosso, não dá para ficar bravo com uma “homenagem” dessas. Posso estar errada, mas penso que a tal cabeleireira que usou o nome da famosa marca de cosméticos internacional não deve ter muita noção sobre direitos, marcas e esse tipo de coisa. Parece tão nonsense

Achei a pérola em Tupã, no interior de São paulo, onde fui passar o feriado de 7 de setembro para visitar a família.