4 jan 11

San Antonio de Areco parece cenário de novela de época; as casas, os carros, os jardins, tudo parece bem antigo. De fato, essa é uma das primeiras cidades fundadas na Argentina, considerada o coração do Pampa.

O personagem principal aqui é o gaúcho, sempre cercado por cavalos e objetos de couro. Há muitos ateliers especializados em objetos de prata e, nos meses de novembro, há uma grande festa temática bem tradicional.

A gente deu umas voltas pela praça e arredores e deu sorte de ser ciceroneado por quatro perros muito simpáticos, que só desviavam um pouco a atenção quando tinham que cumprir seu ofício (latir freneticamente e correr para todo carro, moto ou bicicleta que passava).

Uma coisa que chamou atenção foi que a cidade é cheia de laranjeiras e todas estão carregadíssimas de frutas maduras a ponto de apodrecerem no chão. Fartura de laranjas e perros amigos. Já gostei do lugar…

Conrado e nossos anfitriōes numa galeria bem estilosa

O pessoal aqui anda bastante de bike

Alguns até combinam a cor da bicicleta com a da casa. Um luxo!

Essa padaria funciona desde 1922!

A praça

Parece que esse carrinho vermelho saiu de um filme...

Amanhã tem mais, galere!

Comentários

2 respostas de “Cachorros e laranjas”

Deixe seu comentário
  1. VERA SCHEIDEMANN disse:

    Oi Ligia ! Embora eu não tenha feito nenhum comentário, tenho
    acompanhado com interesse (e inveja rsrsrs) todos os seus passos
    nessa viagem tão bonita, como de resto todas as viagens que você tem
    nos mostrado. Obrigada por nos proporcionar imgens tão bonitas.
    Beijos e feliz 2011 !
    Vera Scheidemann

  2. Igor Drudi disse:

    Que viagem fantastica!
    Quando isso tudo vai virar um livro?