Aos pedaços…

Flanando pelas ladeiras de Ouro Preto, percebi que as portas revelavam muitos segredos. Cheias de cores e de histórias, pensei que seria mais interessante registrá-las em partes para que os detalhes esculpidos pelo tempo fiquem mais visíveis.

Primeiro, a parte onde ninguém nunca olha e sempre pisa. Olha que delícia de comidinha para os olhos…

A segunda parte está aqui.

4 Responses

  1. Avatar
    Ana Possas
    Responder
    24 abril 2013 at 1:37 pm

    Oi Lígia. Conheço você de tanto ouvir o Tio Flávio falar a seu respeito. Acompanho seu blog há um tempo e gosto muito de observar o olhar diferenciado que você tem sobre as coisas (Berlim está na lista de sonhos por isso). Em especial, chamaram-me a atenção seus últimos posts sobre Ouro Preto. Morei um tempo na cidade, sobre o qual escrevi aqui http://wp.me/p10xI8-9J e até hoje ela me desperta múltiplos sentimentos. Fiquei feliz que você tenha conseguido ver cores tão lindas em um dia tão nublado. E desejo que seu irmão fique bem. Um abraço!

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      24 abril 2013 at 1:55 pm

      Nossa, que história mais linda, Ana, essa sua de Ouro Preto! Cheguei a me emocionar enquanto ia lendo e vendo os cenários. Do jeito que você escreve bem, vale um romance, já pensou em escrevê-lo?

      Beijos e obrigada pela visita no meu blog; agora virei fã do seu também. Achei muito original você falar de roupas e de estilo sem falar em marcas e nem look do dia; adorei 🙂

Leave A Reply

* All fields are required