Dá-me um Cornetto..

Os últimos dois dias foram inesquecíveis; graças à insistência de amigos queridos, passamos um final de semana na belíssima Veneza. Aliás, belíssima não descreve de jeito nenhum aquela cidade. Aliás, cidade também não é um nome adequado para aquele lugar; na bem da verdade, não há nada igual no mundo inteiro. Veneza é inclassificável sob qualquer ponto de vista.

Bom, meu queixo ainda não voltou para o lugar e ainda estou inebriada com aquele lugar lindo. E preciso dizer: se você só puder fazer uma viagem na vida, vá à Veneza. Perca-se nos seus becos e vielas, encante-se com seus canais, embriague-se com seu por-do-sol, torça o pescoço olhando as janelas e gaste seus pés de tanto andar. Respire cultura, arte, música e beleza.

Veneza já foi a cidade mais importante do mundo e sua arquitetura não deixa dúvidas quanto a isso; construída sobre um pântano para fugir das frequentes invasões germânicas e dos hunos, é considerada o berço do capitalismo. A queda de Constantinopla e as descobertas de novas rotas marítimas por Colombo e Vasco da Gama no século XV foram o começo da perda do poder. Na terra de Vivaldi, Tintoretto e Marco Polo, só para citar alguns, floresceu o Renascimento; Leonardo Da Vinci e Galileu Galilei passaram por aqui também. Impossível não se emocionar pensando em tudo o que aconteceu sobre esses canais, os segredos guardados por gondoleiros e as almas iluminadas que passaram por aqui.

Não fosse por tudo isso, Veneza é a única cidade do mundo onde não circulam carros, motos e nem mesmo bicicletas. Aqui só se anda a pé ou de barco. Alguns becos são tão estreitos que a pessoa tem que passar de barriga encolhida…ehehehe

Bom, já deu para ver que seremos obrigados a voltar para ficar bem mais tempo (são 118 ilhas e 400 pontes; a amostra já serviu para encher a boca de água).

Mas vamos parar de blablabla e ir às fotos. Deleitem-se…

Uma cidade cheia de pontes e gôndolas não tem como não encantar
As casas são todas espremidinhas entre becos; então o povo pendura roupa onde dá
O carnaval acabou, mas as máscaras são vendidas o ano todo (para turistas)
A vida ferve nas margens do Grande Canal
Faz parte da decoração da cidade; nada mais típico e charmoso (só aqui, claro!)
Venda de frutas à noite: tem coisa mais linda nesse mundo?
Estacionamento de gôndolas
Gondoleiro esperando clientes

Pena que esse patrimônio da humanidade está afundando alguns milímetros por ano; há alguns projetos mirabolantes e caríssimos para salvá-la, mas ainda não se tem certeza do resultado. Tomara que dê certo, para o bem de todos nós.

Quer ver todas as 150 fotos? São as melhores de quase 700 (eu sabia que ia surtar; o Conrado também não resistiu…). Então clica aqui e vai direto no Flickr!

7 Responses

  1. Avatar
    Clotilde♥Fascioni
    Responder
    26 fevereiro 2012 at 7:01 pm

    O que mais admiro em ti é a alegria de viver que faz ver os mundo com olhos de criança em casa de doces. Muito lindo, querida. Belíssimas fotos.
    Bejos de malas prontas♥♥

  2. Avatar
    27 fevereiro 2012 at 2:50 pm

    Que lugar hein….não posso deixar de lembrar e recomendar um filme lindo que eu e meu esposo adoramos, e que se passa ai neste cenário bucólico… Pão e Tulipas.

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      27 fevereiro 2012 at 4:34 pm

      Obrigada pela dica, Marlova! Vou assisitir 🙂
      Abracos,

  3. Avatar
    Fatima
    Responder
    15 março 2012 at 2:24 am

    Lígia voltei hoje a noite de Joinville. Pegamos 35 minutos de chuva torrencial ininterrupta na BR-101. Eu pensei que teria um enfarto. Estava há dias sem vir na internet. Aqui encontrei, dentre outras coisas, um varal com roupas no “meio da rua” e uma feira noturna de frutas. A gente precisa relaxar depois de uma viagem. Valeu estar em Veneza e sentir que as pessoas cometem coisas fofas assim. Compreendo que só fica bacana em Veneza, mas o inusitado é uma delícia. Fatima/ Laguna/SC

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      15 março 2012 at 8:22 am

      Aahahahh… achei mesmo que você ia gostar, Fátima! E que bom que você chegou sã e salva para curtir o passeio pelos canais…

      Beijocas 🙂

* All fields are required