7 exemplos de design da contradição

A gente sabe que a marca gráfica deve traduzir a essência da empresa que representa e que, quando isso não for possível, pelo menos que ela não contradiga seu DNA.

Pois, infelizmente, nem todas as empresas confiam essa missão tão importante a um profissional qualificado para o trabalho. Não vou discorrer sobre o processo de criação de uma marca, que é longo, trabalhoso e está longe de ser apenas um desenho.

Dito isso, há marcas mal construídas por diversos motivos; seja por sua qualidade gráfica e de reprodução, seja por falta ou inadequação de um conceito que a sustente.

Mas há erros que são mais básicos que esse: quando o design contradiz justamente o que está escrito. Pode parecer improvável, mas é mais comum do que se imagina. Seja por desatenção, amadorismo ou mesmo falta de uma análise crítica mais aprofundada, muitas empresas representam seu próprio nome de maneira contraditória.

Essa minha coleção de marcas é bem antiga (deve ter mais de 10 anos) e muitas empresas já fecharam ou atualizaram as representações. Mas a análise continua interessante.

Quer ver?

1. Uma marca que se chama êxito deve traduzir sucesso, confere? Mas qual é o símbolo do seu contrário, o erro, o fracasso? Seria um “X” bem grande grafado em vermelho como esse que aparece bem no meio da palavra? Bom, talvez eles considerem essa contradição uma inovação, vai saber…

exito

 2. O dicionário Aurélio diz que essencial é o indispensável, o necessário, o fundamental. Nenhum dos adereços agregados a essa marca gráfica são essenciais. São, pelo contrário, excessivos e supérfluos, pois não contribuem para comunicação do conceito. E o que dizer de uma marca de moda branca grafada em preto e laranja?

essencial

 3. Uma empresa chamada estática deve ter um símbolo gráfico, digamos assim, estático. Concorda? Mas você consegue imaginar algo mais dinâmico do que essa tríade giratória? Para mim, o movimento chega a ser hipnótico…

estatica

 4. Agora pense nessa empresa, a Rode Bem. Para rodar bem, é preciso que os pneus estejam em perfeito estado de conservação, com a banda de rodagem intacta e bem soldada na estrutura. Mas, peraí…é impressão minha ou essa banda de rodagem está descolando da roda?

rodobem

 5. Pense no conceito de completo: algo que está inteiro, sem nenhuma parte faltando. Exatamente como as letras dessa marca….ooops!

completo

 6. Inovação, você sabe, é uma coisa nova, que ainda não foi inventada, tipo assim… esquadro? Compasso? Ainda preciso dizer que o arquivo era um gif animado que não consegui reproduzir.

inova.001

7.  Essa última não é uma contradição propriamente dita, além do que, o design está mais bem feito que os demais. Mas penso que uma empresa que quer progredir e ir para a frente, não pode ter como símbolo um avião voando para trás, voltando. Sim, entendi que o avião forma o “E”, inicial da empresa. Mas a mim incomoda um pouco. Só uma opinião, claro.

embraer

Para finalizar, só queria deixar claro que o que está sendo analisado não é a qualidade do projeto ou a competência do designer, mas a contradição entre o que está escrito e o como está escrito.

Pense nisso.

9 Responses

  1. Avatar
    Paulo Almeida
    Responder
    18 fevereiro 2015 at 2:35 pm

    No caso da Exito, lê-se perfeitamente evito… não é bem um x, são dois vs… uma mensagem subliminar?

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      20 fevereiro 2015 at 3:32 pm

      Talvez, Paulo! Não tinha visto assim, mas um V de cabeça para baixo é meio esquisito, né?

  2. Avatar
    Dauro
    Responder
    18 fevereiro 2015 at 8:27 pm

    Muito bom. No caso da Embraer, há controvérsias :). Como sou canhoto, a impressão que me dá é que o avião tá indo pra frente. Outra interpretação possível é que “enquanto os outros estão pensando em ir, nós já estamos voltando”.

    • Avatar
      20 fevereiro 2015 at 11:51 am

      Adorei essa segunda versão do Dauro para a logo da Embraer.

      • ligiafascioni
        ligiafascioni
        20 fevereiro 2015 at 3:32 pm

        Eu também! Esse moço é muito espirituoso…rsrsrs

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      20 fevereiro 2015 at 3:33 pm

      Hahahaha, adorei! Mas como será que se traduz isso globalmente?

  3. Avatar
    23 fevereiro 2015 at 6:14 pm

    Para acrescentar na lista: a marca de uma empresa nacional que atua na área de educação, em serviços: um avião de papel, planando…para baixo, como um gráfico descendente. Nem vou entrar no mérito da empresa anunciar a marca como LOGOMARCA (sic).

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      25 fevereiro 2015 at 5:12 am

      A lista é bem grande mesmo, Wallace! Obrigada por lembrar de mais essa.
      Abraços e sucesso!

* All fields are required