Eles votam…

Fotografia: Steim

Recebi uns trechos desse post por e-mail e adicionei algumas experiências pessoais; publiquei aqui em 2008. De lá pra cá, parece que pouca coisa mudou, olha só e ria (para não chorar):

***

Um sujeito comprou uma geladeira nova e pra se livrar da velha, colocou-a em frente à casa com o aviso: “De graça. Se quiser, pode levar“. A geladeira ficou três dias, sem receber um olhar dos passantes. Ele chegou à conclusão que as pessoas não acreditavam na oferta. Parecia bom demais pra ser verdade, e ele mudou o aviso: “Geladeira à venda por R$ 50,00“. No dia seguinte, ela tinha sido roubada. O pessoal que levou a geladeira vota.

***

Olhando uma casa para alugar, meu irmão perguntou à corretora de imóveis de que lado era o Norte, porque não queria que o sol o acordasse todas as manhãs. A corretora perguntou: “O sol nasce no norte?” Quando meu irmão explicou que o sol nasce no Leste (aliás, há um bom tempo isso acontece) ela disse: “Eu não me mantenho atualizada a respeito desse tipo de coisa“. Ela também vota.

***

Antigamente, eu trabalhava em suporte técnico num centro de atendimento a clientes em Manaus. Um dia, recebi um telefonema de um sujeito que perguntou em que horário o centro de atendimento estava aberto. Eu disse a ele: “O número que o senhor discou está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.” Ele perguntou: “Pelo horário de Brasília ou pelo horário de Manaus?” Pra acabar logo com o assunto, respondi: “Horário de Manaus“. Ele vota.

***

Meu colega e eu estávamos almoçando no restaurante self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes administrativas falando a respeito das queimaduras de sol que ela havia tido, ao ir de carro ao litoral. Estava num conversível, por isso, “não pensou que ficaria queimada, pois o carro estava em movimento“. Ela também vota.

***

Minha cunhada tem uma ferramenta salva-vidas no carro, projetada para cortar o cinto de segurança, se ela ficar presa nele. Ela guarda a ferramenta no porta-malas! Minha cunhada também vota.

***

Meus amigos e eu fomos comprar cerveja para uma festa e notamos que os engradados tinham desconto de 10%. Como era uma festa grande, compramos 2 engradados. O caixa multiplicou 10% por 2 e nos deu um desconto de 20%. Ele também vota.

***

Eu não conseguia achar minhas malas na área de bagagens do aeroporto. Fui, então, até o setor de bagagem extraviada e disse à mulher que minhas malas não tinham aparecido. Ela sorriu e me disse para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos. “Apenas me informe… o seu avião já chegou?” Ela também vota.

***

Esperando ser atendido numa pizzaria observei um homem pedindo uma pizza para viagem. Ele estava sozinho e o pizzaiolo perguntou se ele preferia que a pizza fosse cortada em 4 pedaços ou em 6. Ele pensou algum tempo, antes de responder: “Corte em 4 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços.” Isso mesmo, ele também vota.

***

Num curso sobre projetos, uma das equipes encontrou um resultado diferente do professor. Mesmo depois dele ter demonstrado matematicamente a resposta correta, uma das pessoas do grupo disse que isso não queria dizer nada, pois “cada um tem a sua lógica“. Essa pessoa vota.

***

Fui cumprimentar um colega pelo seu aniversário e comentei que era muito bom a data ter caído num sábado. Pois ele retrucou que era uma pessoa de muita sorte, pois todo ano o aniversário dele caía em um sábado. Sim, ele vota.

***

Estava olhando um carro para comprar, mas não tinha nenhum modelo na loja. O vendedor me disse bem sério: “Esse carro está dando o maior problema”. Assustada, perguntei por que. Ele disse: “é que todo mundo quer comprar e não tem para vender“. É, ele não só vota como também vende.

***

Fui olhar uma moto (ó, azar, também não tinha nenhum modelo na loja) e o vendedor disse com um ar grave: “Não sei se vocês sabem, mas essa moto está em extinção”. Como o modelo acabara de ser lançado, perguntei, como assim? Ele esclareceu: “É que a moto é muito boa e a polícia de São Paulo encomendou 700 unidades. Então a produção vai ficar dedicada e só vai ter moto em loja de novo daqui a uns 3 meses”. Ahhh….. claro que ele vota.

***

Numa reunião de condomínio, foram apresentadas cotações para uma reforma. Uma das condôminas disse que era contra esse tipo de pesquisa porque ela “não acredita nesse negócio de cotação“. Ela vota. E não só no condomínio.

***

Um dia estava numa loja e estava interessado num produto de R$90,00. Perguntei se tinha desconto à vista e a vendedora falou que tinha sim, de 10%. Soltei um HUMM.. e fiquei calado pois estava pensando se comprava ou não, e vi que ela pegou um calculadora e após alguns segundos disse: “Com desconto vai sair R$9,00 mais barato, vai ficar R$81,00″. CRARO, ela vota… (Contribuição do Michel Téo Sin)

***

Isso explica muita coisa, né?

10 Responses

  1. Avatar
    23 setembro 2010 at 8:49 pm

    Céus! Choro e rio ao mesmo tempo ! Lígia, se você não “tuita” mais (não tenho te visto por lá), vou eu tuitar para que o texto seja mais e mais lido, tá bom?
    Beijo,
    Renata

  2. Avatar
    24 setembro 2010 at 1:14 am

    E o pior é que não são casos isolados. Os comportamentos citados refletem a baixa formação básica que mtos brasileiros possuem, por diversos motivos. Pos sensacional!

    Agora, uma piadinha ao estilo do post:
    Além de votar, esse pessoal também elege candidatos! rsrsrs.

  3. Avatar
    Clô♥
    Responder
    24 setembro 2010 at 10:45 am

    Me fez lembrar quando mudei para Floripa e fui morar na praia.
    Uma semana depois da mudança aconteceu um eclipse total do sol e eu gentilmente , querendo fazer da vizinha uma nova amiga, lhe ofereci uma radiografia da minha coluna, para ela assistir o fenômeno com mais tranquilidade e segurança enquanto comentava sobre o interessante acontecimento que iriamos presenciar dali há pouco, no que ouvi de sua própria boca; – ” não querida, eu não acredito nessas coisas.”-
    (????!!!)
    Ela só não continua votando porque ja morreu…hahahaha

  4. Avatar
    24 setembro 2010 at 5:37 pm

    Olá Lígia,

    Adorei o seu blog, em especial a história do Otávio. Quanta maldade existe no mundo… e quanta bondade tb.

    Atraves do seu blog “conheci” a Dr. Ioná e já marquei consulta com ela aqui em casa pro meu bichano, filho único felino entre os 5 dogs. Todos eram de rua tb…

    Estava precisando de uma especialista em gatos pois o meu filho querido tem agido mto estranhamente nesses últimos dias, apesar da saúde parecer ok. Tá muito quieto, isso não é normal… Espero que ele esteja só meditando!

    Enfim, amei seus bichanos, estilo de vida, opniões, tudo…

    Beijos!

    Lígia Fascioni: Que bom, Mariana!

    Você vai ver que a Ioná é um doce de pessoa e ela realmente ama gatos.
    Tomara que ela descubra o motivo da tristeza do seu peludinho. Talvez ele esteja sentindo falta de um companheiro, será? Se bem que com 5 cachorros ele deve ter companhia suficiente, bem pode ser alguma dorzinha mesmo…

    Obrigada pela visita e volte sempre! Depois mande notícias 🙂

    Beijocas,

  5. Avatar
    24 setembro 2010 at 5:39 pm

    Ah! Sobre este post, estava eu esperando a carrocinha de castração da prefeitura aqui no bairro pra castrar uma cadela e um ser passa ali e começa a xingar todo mundo porque estamos castrando e que daqui a pouco não ia ter mais animal no mundo, por culpa nossa!!

    E mais, o cio é coisa de Deus! Bonito, né?

    E ele vota!

    Lígia Fascioni: Pois é, Mariana! O mais assustador é que eu já ouvi isso de um veterinário. Ele dizia que estavam castrando tantos gatos e cachorros que, daqui a pouco, ele não teria mais clientes. Pode uma falta de noção dessas?

  6. Avatar
    24 setembro 2010 at 9:48 pm

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Estamos perdidos!
    Bate um desespero ao ler essas coisas néam???

    Adoooro seu blog Lígia!

    Beijos *__*

  7. Avatar
    28 setembro 2010 at 11:27 pm

    Nombre de ligiafascioni.com.br a GoogleReader!
    Gracias

    Miato

  8. Avatar
    7 outubro 2010 at 1:32 am

    Parabéns pelo texto, muito esclarecedor. Quando saberemos um pouco mais sobre isso? Acho que o povo Brasileiro deveria dar mais valor a isso. Forte abraço!

  9. Avatar
    Leandra Londrinne
    Responder
    17 outubro 2010 at 2:58 pm

    Olá querida Lígia, eu sinceramente achei o seu blog sensacional e que mostra que você é uma pessoa totalmente informada, vou sinceramente continuar consultando suas dicas e suas observaçoes, e por obsequio colocar reportagens sobre o mundo dos negocios e moda.

    Obrigada Leandra Londrinne de Almeida

  10. Avatar
    rafael
    Responder
    6 fevereiro 2011 at 12:27 am

    Cômico !

Leave A Reply

* All fields are required