Exercícios para encontrar o trabalho de seus sonhos

Continuando a coluna anterior, em que falava do livro “How to find  fulfilling work“, de Roman Krznaric, vou compartilhar alguns dos exercícios que ele propõe e que achei muito interessantes.

O primeiro se chama “mapa de escolhas”, que consiste em desenhar o mapa da sua carreira. Nele, você indica todos os trabalhos que já teve e as diferentes motivações e forças que definiram sua rota em cada ponto (ex: escolhas educacionais, expectativas dos pais, aconselhamento de um profissional, oportunidade que surgiu, etc).

Esse aí é o meu exercício, com os trabalhos mais importantes.

Agora olhe seu desenho: você consegue ver algum padrão, algo que sempre foi mais relevante para nortear suas escolhas? Que motivações sempre pesaram mais: dinheiro, status, respeito, paixões, talentos, pessoas? Quais dessas motivações você quer priorizar no futuro?

No meu caso, já desconfiava, mas agora tive certeza: minha principal motivação é aprender, de preferência com gente bacana. É claro que também quero ganhar dinheiro, mas já recusei salários maiores porque não tinha muita perspectiva de aprender ou porque a equipe não era amigável (num dos casos, na entrevista, a pessoa me disse que a principal característica do grupo é que eles eram muito competitivos — eu não sou nada competitiva, iria me dar muito mal).

Agora outro, mais bacana: imagine 5 universos paralelos; em cada um deles você tem uma profissão diferente que gostaria de experimentar. Quais seriam elas?

Bom, aqui fui bem conservadora e pouco criativa, pois coloquei algumas coisas que já faço, mesmo que de maneira amadora, como ilustração. Também adoro ser palestrante, por isso vou continuar fazendo esse trabalho no Brasil e não pretendo desistir dessa carreira. Se eu conseguisse ganhar algum dinheiro escrevendo também seria ótimo. Mas ok, a ideia é começar a explorar possibilidades, sempre dá para refazer o exercício quando surgirem novas ideias. Também achei importante destacar o que me encanta em cada um desses universos, mas fica a seu critério colocar mais informações.

Agora, outro exercício desafiador: faça uma propaganda de você mesmo, descrevendo seus talentos (ex: você fala japonês e toca guitarra), suas paixões (ex: cultivo de orquídeas e coleção de carros de modelismo), causas em que você acredita (ex: proteção animal ou ambiental) e suas características pessoais (ex: impaciência, vaidade, sabe guardar segredos).

Depois, mais algumas coisas que sejam importantes, como o mínimo que você gostaria de ganhar ou o local de trabalho. Atenção: não coloque sua qualificação educacional ou trabalhos anteriores e nem se auto-elogie. Não conduza a propaganda para uma determinada carreira, tente ser o mais neutro possível.

Olha aqui a minha.

É uma propaganda, por isso saí assim, bonitinha...ehehe

Agora faça uma lista de 10 pessoas que você conheceu em diferentes estágios da vida e envie esse “anúncio” para algumas (poucas) em que você confia. Peça para elas sugerirem duas ou três carreiras que poderiam se adequar a esse candidato (por favor, não mandem para mim, não estou conseguindo dar conta da correspondência normal).

Peça para que elas sejam específicas; em vez de “trabalhar com crianças”, melhor seria dizer “trabalhar num projeto social com filhos de presidiários no RJ”.  Essa é uma fonte muito interessante de ideias que podem ser exploradas; com certeza, algumas jamais teriam passado pela sua cabeça.

Olha, taí um exercício bom para todo mundo fazer, pois dá uma organizada no que é mais importante para a gente e pode dar origem a ideias originais. Fique à vontade para me sugerir carreiras, ok?

E agora sim, vamos todos voltar ao trabalho que amanhã já é segunda-feira outra vez.

6 Responses

  1. Avatar
    26 agosto 2012 at 11:44 am

    Lígia, adorei as ideias. Deu vontade de ler o livro.
    Só a história dos cinco universos paralelos é que me deixou meio apreensiva. Tenho a sensação de que estou estou vivendo os cinco simultaneamente! 😉 Pode ser um sinal de que é hora de rever as prioridades e concentrar forças.
    Eu já disse, mas repito: esse teu blog é fantástico. É sempre um prazer passar por aqui.
    Abrs

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      26 agosto 2012 at 12:25 pm

      Aahahah… você não está só, Bete! Eu devo estar nuns 10 universos ao mesmo tempo…eheheh
      Quando é que você vem aqui nos visitar?
      Beijocas 🙂

  2. Avatar
    Pedro
    Responder
    27 agosto 2012 at 9:41 pm

    Esse blog é muito, muito bom!
    Dá gosto de ler e ver. Tão pessoal e único que destoa dos outros que leio.
    Rapidamente se tornou o meu favorito.
    Gosto muito, e não pare de escrevê-lo! rs

    Abraços

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      28 agosto 2012 at 5:00 pm

      Que bom que você está gostando, Pedro!
      Não vou parar de escrever não; como posso viver sem ler comentários bacanas como esse seu?
      Abraços e sucesso 🙂

  3. Avatar
    11 setembro 2012 at 7:38 pm

    Eu estou sempre por aqui, quetinho “só observando”, como dizemos aqui em Brasília! Mas hoje mais uma vez, eu posso constatar a minha teoria das “conexões” que me fez ler este post neste exato momento de decisões da minha vida, que tá precisando de uma boa sacudida pra preencher o presente e o futuro de boas realizações… Continue com o belo trabalho e sucesso para você SEMPRE! Adoro seu bolg!

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      12 setembro 2012 at 1:40 pm

      Que bom ler isso, Ramon! Mande notícias do seu sucesso! É sempre uma delícia acompanhar trajetórias surpreendentes 🙂
      Abraços e sorte!

Leave A Reply

* All fields are required