Feriado alpino

A gente aproveitou que dia 18 (quinta-feira) foi feriado aqui (Petencostes, seja lá o que isso signifique) e levou as duas motos para passear. As pobres estavam desde outubro do ano passado hibernando; depois de um longo e geladíssimo inverno, as moças foram bem contentes para a estrada.

Eram apenas 4 dias, mas valeram por muitos! Fomos à região do Allgäu (lê-se Algói), que fica no sul da Alemanha, aos pés dos Alpes. Boa parte do Allgäu fica na Bavária e limita-se ao sul pelos Alpes, fazendo fronteira com a Áustria, e ao oeste com o Bodensee, também conhecido por Lago Constance.

Na verdade, não foram só as duas motos não. Tanto na estrada como no Allgäu, o que mais se viu foi motos saindo felizes da longa hibernação. Todos os tipos, cores, idades, tamanhos, formas e marcas (claro que a maioria era BMW). Às vezes em tribos, às vezes em casais (como nós), às vezes solitárias. Mas eram muitas centenas, com certeza.

Bom, mas voltando ao passeio, os Alpes são cadeias montanhosas como a Cordilheira dos Andes (nossa velha e querida conhecida), mas menos extensas e mais baixas. Os Alpes fazem fronteira com a Alemanha, Áustria, Eslovênia, França, Suíça, Itália, Lichestein e Mônaco. A gente visitou o pedaço entre o lado alemão e o austríaco. Aliás, o Império Austro-Húngaro (atual Áustria) e a Prússia (atual Alemanha) já dominaram esse pedaço do continente. Com as guerras e com a unificação da Alemanha, a Áustria, antes tão poderosa, foi perdendo pedaços e acabou ficando um país pequeno e discretíssimo; quase não dá para notar a diferença com a Alemanha (eram quase o mesmo povo, na verdade). Tudo muito lindo e caprichado no último.

Já o Lago Constance faz fronteira com a Alemanha, Suíça e Áustria. Além de lindo, o lugar é importante, entre outras coisas, porque na região é que foi fabricado e testado o famoso dirigível Zeppelin. O museu existe até hoje e tem um dirigível para fazer passeios sobre o lago (o vôo mais baratinho, de 30 minutos, sai por 200 Euros/pessoa; não foi dessa vez, mas a gente chega lá….).

Bom, tirando o dia para ir e o outro para voltar (são mais de 700 km desde Berlin), sobraram 2 dias. No primeiro, sexta-feira, visitamos o Bodensee e a linda região até lá, cheia de clubes, estações de esqui (sem neve nessa época do ano), plantações, paisagens de tirar o fôlego e estradinhas sem ter fim, de um verde profundíssimo. Gente, como a Alemanha é um país verde! Não é a toa que o Green Peace nasceu aqui; são muitas florestas, matas, pastos, gramados, plantações, tudo muito bem cuidado.

Visitamos o monte Pfänder, na cidade de Bregenz, lado austríaco. Sobe-se com um bondinho igual ao do Pão de Açúcar e dá para ver boa parte do lago. O dia estava feinho (até choveu), mas o Instagram deu um jeito de fazer as fotos saírem boas…

No dia seguinte (sábado), fomos aos Alpes (entramos e saímos da Áustria tantas vezes que até perdi a conta; não tinha nem aduana, só plaquinhas na estrada mesmo). Gente, que lugar mais cinematográfico! As cidadezinhas e estações de esqui pareciam de brinquedo, de tão lindinhas. E nem estava tão frio; passeio tranquilíssimo.

Bom, depois a gente vai fazer o tradicional relatório com mapas, GoogleEarth, distâncias, hoteis, restaurantes, fotos e informações gerais para postar lá no site duasmotos.com. Por ora, fiquem com a amostra, só com fotos do Instagram (no site vai ter mais; pois acabamos de chegar e não deu para fazer ainda a curadoria do acervo).

As duas motos com os Alpes ao fundo
As duas motos com os Alpes ao fundo
As vaquinhas todas usam sinos enormes no pescoço; a região toda é muito musical por causa disso
Não é à toa que o povo corre para cá nas férias; quase dá para sentir o cheiro da grama pela foto, né?
Mas não dá para esquecer a história das guerras; até hoje todas as pontes da região indicam o peso máximo que um tanque pode ter para atravessá-las
O lago Constance visto do monte Pfände
O lago Constance visto do monte Pfände
Cenário de brinquedo
Imagina passar o inverno nessas cabaninhas aí ao lado da estrada
Num lugar cheio de gente fazendo trilha a pé e de bike, de vez em quando surge uma delicadeza dessas na estrada. Sombra e um banquinho charmoso para descansar e pensar na beleza da vida...

Quer conhecer um pouquinho mais do Allgäu? Então sobre aí na garupa, clica aqui e vai direto no Flickr.

12 Responses

  1. Avatar
    Fatima
    Responder
    20 maio 2012 at 7:51 pm

    Exuberante! Majestoso! E que dádiva estar ao lado do teu querido cada qual sobre uma máquina dessas… visitando o “Algói”. Coisa de sonho né? Então digamos que Deus é puro prazer. Digamos que fé é buscar este êxtase com a natureza e Pentecostes…bom, segundo o Aurélio Virtual é:
    “Festa católica celebrada 50 dias depois da Páscoa em comemoração da descida do Espírito Santo sobre os apóstolos.” Sabe Lígia que sou bem ligada nesta “lampadinha” de fogo que é capaz de nos alumiar as idéias? Podes crer que tô sempre ligada no tal E.S.
    Abraço daqui de Laguna/SC

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      21 maio 2012 at 2:51 pm

      Oi, Linda!
      Obrigada pela explicação de Petencostes; não sou nem um pouco ligada à religião, mas não me canso de agradecer a dádiva que é poder viver esses momentos lindos, ainda mais ao lado de um grande amor. O mínimo que posso fazer é compartilhar para vocês aí do lado do mundo também poderem desfrutar um pouquinho, né?
      Beijocas 🙂

  2. Avatar
    Clotilde♥Fascioni
    Responder
    20 maio 2012 at 9:01 pm

    Nossa! Sem palavras, parece que tudo é “inventado”…Bjs♥

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      21 maio 2012 at 2:49 pm

      Parece mesmo cenário montado. Não é à toa que os contos de fadas nasceram nessa paragens….
      Beijocas e saudades 🙂

  3. Avatar
    Alice Ribeiro
    Responder
    20 maio 2012 at 9:04 pm

    Oi Ligia, lindas fotos, lindo passeio. Ja fui nesta região tambêm…fiquei em Bolzano, mas faz tempo…me deu saldades. Bjs

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      21 maio 2012 at 2:48 pm

      Pois é, lindo mesmo, né?
      Beijocas 🙂

  4. Avatar
    Marcelo Tissot
    Responder
    20 maio 2012 at 11:06 pm

    Ligia, acompanho seu blog há algum tempo e fiquei curioso: vocês levaram as motos do Brasil para a Alemanha?

    Isso vale a pena? Pergunto, pois também tenho paixão por duas rodas e planejo mudar para a Europa em alguns anos.

    Obrigado.

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      21 maio 2012 at 2:48 pm

      Oi, Marcelo!
      Não, nós vendemos as motos usadas no Brasil e com o dinheiro conseguimos comprar modelos 0 km aqui (elas são fabricadas aqui, portanto bem mais baratas que no Brasil). Pode vender a sua sem dó e comprar outra igual aqui sem problemas!

  5. Avatar
    21 maio 2012 at 6:38 am

    Viajando junto com vocês!

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      21 maio 2012 at 2:51 pm

      Que bom! E o verão nem começou; logo tem mais!!

  6. Avatar
    José Pereira Júnior
    Responder
    24 maio 2012 at 6:08 pm

    Lígia,

    Fantástico o roteiro e as fotos. É muito bom conhecer lugares novos, né?

    Abraço,

    Jose

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      25 maio 2012 at 5:10 pm

      É, adoro isso de conhecer lugares bacanas, é divertido e a gente ainda aprende bastante!
      Beijocas e saudades 🙂

* All fields are required