Francesa

Num país grande e com um baixo nível de escolaridade como o nosso, não dá para ficar bravo com uma “homenagem” dessas. Posso estar errada, mas penso que a tal cabeleireira que usou o nome da famosa marca de cosméticos internacional não deve ter muita noção sobre direitos, marcas e esse tipo de coisa. Parece tão nonsense

Achei a pérola em Tupã, no interior de São paulo, onde fui passar o feriado de 7 de setembro para visitar a família.

1 Resposta

  1. 11 setembro 2010 at 8:46 pm

    Ai, Ligia!

    O pior é se esse for o nome de batismo da “sujeita”. No Brasil tem de tudo!

    Beijos e sucesso!!!

Deixe um comentário

* Todos os campos são necessários