Inveja de vó

Você pensava, como eu, que bordar era uma arte perdida? Pois aqui está a prova de que o povo anda bordando muito, e bem.

Para mim, bordar sempre esteve associado a moçoilas casadoiras fazendo enxoval à espera do provedor que iria lhe sustentar até o final dos tempos. Depois, por um bom tempo, o bordado só frequentou bazares beneficentes, com aquelas toalhas um tanto quanto breguinhas. A arte é linda, pena é a aplicação, tão limitada e previsível.

Pois olha só o que o artista Daniel Kornrumpf faz com as agulhas! Ele literalmente pinta e depois borda! Se isso não é a ressurreição do bordado, não sei mais o que pode ser. Para quem domina a técnica, que tal tentar?

Achei no Illusion Scene 360.

1 Response

  1. Avatar
    13 junho 2011 at 9:56 am

    Fica parecendo uma pintura de Van Gogh quando ele pintava com o cabo do pincel…

Leave A Reply

* All fields are required