Isabel de Castela

L1100705
Essa moça já está amassando pãozinho na cama…

Toda vez que a gente viaja, vem uma moça aqui (a Franziska) que fica uma hora por dia brincando com a princesa Sophie Charlotte e cuidando dela, mas no resto do tempo a fofa fica sozinha mesmo. A Charlotte é muito amorosa, dorme abraçadinha e tudo; aí a gente pensou que uma irmãzinha faria bem como companhia.

A própria Franziska nos indicou uma conhecida que trabalhava numa ONG que resgatava animais abandonados nas ilhas baleares espanholas, a SOS-Animal Mallorca. A sede é na cidade de Calvia, na Ilha de Mallorca (que é quase considerada mais um estado alemão, de tanto que os alemães passam as férias lá) e eles ajudam mais de mil animais por ano a encontrarem um lar.

A ONG começou em 1995, quando um grupo de pessoas (alemães e espanhóis) não se conformou mais em ver os animais de rua sendo recolhidos e sacrificados caso não encontrassem um dono em algumas semanas. Hoje eles recolhem, castram, inserem um chip e vacinam gatos e cachorros antes de doá-los. Para adotar um bichinho, é preciso fazer uma entrevista com um voluntário que vai até a casa da pessoa ver se o lugar tem condições de recebê-lo e verificar como ele será cuidado.

A rede funciona com voluntários na Alemanha, Espanha, Suíça e Áustria. Como a Espanha está em crise e a capacidade de adotar animais ficou um pouco reduzida, uma coisa que eles usam bastante é o Flugpaten, onde é possível se cadastrar quando estiver vindo da Espanha para a Alemanha e dar carona para um dos bichinhos. Se a pessoa está vindo de avião de Mallorca para Berlin, por exemplo, pode trazer uma caixinha com um gato dentro ou um cachorro sem nenhum custo. Esse serviço voluntário existe entre vários países/cidades e vamos nos cadastrar quando estivermos viajando. A gente diz a data e o meio de transporte e os voluntários levam o bichinho. Na chegada, a nova  família vai esperá-lo no aeroporto, imagina só que emocionante!

A gente adotou a Isabel de Castela para ser companheira da Charlotte (tinha que ter nome de princesa ou rainha, e como a moça é espanhola…) que já estava em Berlin. Ela foi encontrada sozinha numa rua de Calvia quase recém-nascida (a fofa ainda não tem 4 meses). Depois de castrada, vacinada e chipada, foi trazida para a casa de uma voluntária em Berlin para encontrar um novo lar.

A Isabel é uma querida; até o ciúme inicial da Charlotte se derreteu com as gracinhas dessa espoleta que não para de correr de um lado para o outro. Ela pula, corre, brinca e come toda a comida que estiver disponível, inclusive a da Charlotte…rsrsrs

Se você mora na Europa, é só entrar no site da SOS-Animal Mallorca que está cheio de peludos lá esperando para encher sua casa de alegria. Se mora em outro continente, procure na internet; é fácil de achar alguma instituição que recolha e doe animais. O que mais tem é bichinho fofo precisando de um adotante; por isso, não compre esses amiguinhos e não incentive a indústria de filhotes.

 

3 Responses

  1. Avatar
    clotilde Fascioni
    Responder
    23 janeiro 2014 at 5:52 pm

    Muito interessante.

  2. Avatar
    30 janeiro 2014 at 9:14 pm

    Que linda, Lígia!

    Igualzinha à minha Lelê (falecida mãe do meu Sarid Cat).

    Você sabia que gatinhas amarelas são raras? Tem mais é que ser batizada com nome de princesa mesmo. Linda!

    Beijos e sucesso!!!

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      8 fevereiro 2014 at 10:10 am

      Sua Lelê deve ter sido uma fofa, Sabrina!
      Beijos <3

Leave A Reply

* All fields are required