Museu das coisas

Ok, todo museu é de coisas. Mas é que esse se chama “Museum der Dinge“, ou seja, “museu das coisas” mesmo e fica na Oranienstraße, em Berlin.

O lugar é uma verdadeira aula de história do design, pois uma parte importante do acervo vem de objetos criados pelos integrantes do movimento Deutscher Werkbund, nascido em Berlin em 1907. O Deutscher Werkbund, para quem não sabe, foi um dos três grandes movimentos que originaram o design industrial e fundamentaram a estrutura de sua escola mais famosa, a Bauhaus; os outros dois foram o Arts and Crafts e o Art Nouveau.

Fiquei bem emocionada quando constatei que já tinha escrito sobre isso em 2001, num artigo publicado no XV Simpósio Nacional de Geometria Descritiva e Desenho Técnico/IV International Conference on Graphics Engineering for Arts and Design sob o título “A influência do movimento Werkbund nas empresas de tecnologia“. Quem diria, naquela época, que eu iria ver o acervo desse movimento histórico tão importante ao vivo e em cores, né? E mais, que ainda iria morar em Berlin!

O museu reúne objetos que fazem parte do cotidiano das pessoas dos séculos XX e XXI; tem desde apetrechos de cozinha, eletroeletrônicos, produtos de higiene e limpeza, embalagens e utilidades em geral até brinquedos, móveis, materiais de propaganda política e objetos de decoração.

Dessa vez, a comidinha para os olhos é servida na forma de um verdadeiro banquete pantagruélico. Vem comigo cair no pecado da gula!

Essa boneca centenária é a capa do último disco do Lou Reed com a banda Metallica chamado Lulu.

Gostou? Quer ver mais? Clique aqui para ir ao Flickr e ver o ábum inteiro.

Deixe um comentário

* Todos os campos são necessários