O que é identidade corporativa?

Nossa, acabo falando sobre tantos assuntos nesse blog que muita gente nem sabe que uma das minhas principais áreas de atuação é a identidade corporativa. Ah, então quer dizer que meu trabalho é desenhar logotipos e marcas para as empresas? Não, não sou designer; geralmente indico parceiros qualificados para esse trabalho. O que eu faço é ajudar as empresas a se conhecerem melhor.

Ué, mas identidade corporativa não é a tal da marca?

Não é não, e essa confusão é bem normal; até profissionais da área acabam se enganando nos nomes dos bois e usando o termo identidade corporativa como sinônimo de marca gráfica.

Então, para esclarecer de vez a questão, fica um vídeo que resume bem a história. Se conseguir tempo, vou fazer outro só sobre imagem corporativa; aguardemos…

 

6 Responses

  1. Avatar
    Carlos Koehler
    Responder
    31 julho 2013 at 11:46 am

    muito didático o vídeo, Lígia.

    gostaria de comentar a falta que senti de um termo (também) muito confundido com “Identidade Corporativa”:

    – Identidade Visual.

    qdo vc comenta sobre “marca gráfica” (o que não é identidade corporativa) há espaço para falar sobre identidade visual, da qual a “marca gráfica” faz parte.

    e tb qdo vc fala sobre “comunicar a essência usando o Design”.

    achei seu vídeo muito legal principalmente no que tange ao universo dos Designers que A-D-O-R-A-M confundir conceitos com terminologias na ânsia de tentar valorizar a profissão/atividade e colocá-la no “topo do Olimpo”… como solução de “todos” os problemas corporativos (lembro que assim que explodiu o conceito de “Branding”, vários Designers “amanheceram” especialistas no assunto).

    já estou divulgando e espero, sinceramente, ter contribuido.

    abs
    Koehler

    • Ligia Fascioni
      31 julho 2013 at 11:51 am

      Oi, Carlos!
      Mas que ótimo o seu feedback! estava pensando em fazer um vídeo sobre imagem, mas um sobre identidade visual também vai bem.

      Assim os designers poderiam mostrar para seus clientes e eles entenderiam porque o quadradinho não pode virar bolinha só porque a mulher dele gosta mais….eheheheheh

      Na verdade, acho que vou fazer uma série, pois acabei de me dar conta de que preciso de um desses para explicar marketing. Pena que dá um trabalhão (adoro a parte do desenho, mas a narração é um saco, tenho que gravar várias vezes e mesmo assim fica cheio de erros, como você deve ter visto…rsrsrs).

      Obrigadão mais uma vez!!!

  2. Avatar
    31 julho 2013 at 12:01 pm

    Lígia. Adorei o vídeo. Muito didático.
    E concordo plenamente com o Carlos Koehler. Comentário muito inteligente.

    Publiquei o vídeo no nosso site (http://www.eniopadilha.com.br/artigo/4506) Veja se ficou bom.
    E vou divulgar no Twitter e no Facebook também. Mais gente precisa entender essas coisas (aliás, eu mesmo só entendi direito depois de ver algumas entrevistas suas em vídeos).

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      31 julho 2013 at 12:38 pm

      Obrigada, queridão!Ficou ótimo, você é um querido!
      Com esse incentivo todo acho que vou fazer uma série 🙂
      Beijocas!

  3. Avatar
    1 julho 2015 at 4:34 pm

    Lígia, querida, é a Dora do face… Você por acaso já escreveu (ou já pensou em escrever) algo sobre o DNA profissional? Acredito que isso seja ainda mais complexo de escrever do que sobre o DNA corporativo… Mas é que eu vejo que faz tanto sentido uma coisa com a outra e seria tão interessante quanto! Acredito que o conceito que vc entende de DNA corporativo seria muito próximo de um DNA profissional, mas com algumas – muitas?! – ressalvas… Enfim, só soltando uma ideia no ar! Abraço!

* All fields are required