Passageiros marcados

Fotografia: Christophe Gilbert

Toda vez que ouço “passageiros marcados no vôo 3705 da empresa tal, favor dirijam-se ao portão de embarque” fico imaginando que os tais passageiros já fizeram o tal voo e por isso ficaram marcados (quem sabe, a empresa aérea tatua o pulso da pessoa ou pendura uma etiqueta na orelha de cada um, sei lá).

Alguns ficam marcados para o resto da vida e não podem mais viver em sociedade. Por isso, sentem-se humilhados ao serem chamados assim, na frente de todo mundo, para comparecer a um lugar tão pouco simpático como um portão de embarque. Não é justo as pessoas ficarem marcadas só por terem embarcado num voo, né?

Não consigo entender por que é que eles simplesmente não deixam de frescura e falam: “os passageiros do voo 3705…“. Palavra sobrando também é lixo. Vamos contribuir com a sustentabilidade do planeta… 🙂

1 Response

  1. Avatar
    10 dezembro 2010 at 1:32 pm

    Para quê facilitar, se eles podem complicar, minha cara?
    Ou: escrever de maneira simples é complicado.

Leave A Reply

* All fields are required