Teste de acampamento

Nesse final de semana a gente resolveu acampar no Alto da Serra da Boa Vista, interior de Santa Catarina, a uns 80 km de Floripa. É que o Conrado comprou uma barraca e todos os apetrechos para passar a noite em lugares ermos, uma vez que a viagem dele no próximo carnaval será por estradas esburacadas ao pé da cordilheira (só vão meninos, não sou chegada a estrada de terra — as viagens de final de ano têm sempre a maior parte do trajeto asfaltada).

Data marcada com muita antencedência, ia um montão de gente, mas, na última hora apareceu cada um com seus problemas e acabamos ficando só nós dois mesmo. A vontade de brincar de cabaninha era tanta que nem ligamos para o tempo feio e partimos para o nosso destino — eu com meu valente Ford KA (alguém tinha que levar travesseiros e cobertores) e o Conrado de moto, afinal, ele queria testar também se os equipamentos básicos cabiam todos. Ok, esse teste foi meio fake…ehehehe…

Não ter TV em casa faz a gente pensar em alternativas assim...

Chegamos por volta das 6 da tarde e, numa altitude de 1.150 m, a cerração era fechada. Deu para inaugurar o fogãozinho com um risoto regado a vinho (delícia) sob os olhares atentos das vacas locais. Depois fomos dormir para acordar com o barulhão da chuva (choveram baldes e depois ventou o suficiente para fazer um veleiro cruzar o oceano). A barraca resistiu bravamente e tirou nota 10, tanto que a gente só acordou às 9 da matina. Depois do café na moka (chique, esse acampamento), foi hora de desmontar o teste e voltar para casa.

Só não foi mais mumu porque atolei o carro e levamos quase uma hora para tirá-lo do lamaçal (cheguei em casa com lama até nos cabelos…ehehehe).

Tá bom, não vou enganar ninguém — não sou uma “pessoa simples” e adoro o que se costuma chamar de frescura (louça fina, taças de cristal e guardanapos de linho), mas adoro mais ainda uma aventura, principalmente se tiver bichos (vacas contam). Quer mudar um pouco a rotina? Ficadica!

As vacas também queriam dar uma volta
As vacas também queriam dar uma volta
Ficaram intrigadíssimas com a minha carochinha
O rango ficou bem bom!
Delícia de jantar!

3 Responses

  1. Avatar
    21 novembro 2010 at 6:05 pm

    Eu chamo isto de programa de índio, no melhor dos sentidos. E este final de ano, irão para onde?

    Lígia Fascioni: Oi, Renato! Dia 17 de dezembro a gente parte para a Ilha de Chloé, no Chile!

  2. Avatar
    VERA SCHEIDEMANN
    Responder
    22 novembro 2010 at 12:11 pm

    Oi Ligia ! Fico contente que você curtiu o “programa de índio”, como disse
    o Renato aí em cima… Eu, confesso, só gostava de acampar quando eu
    era bandeirante… e isso tem MUITO tempo. rsrsrs
    Beijos.
    Vera Scheidemann

  3. Avatar
    27 novembro 2010 at 3:05 pm

    Quem dera aqui ter lugares assim, calmos, frios e ermos como diz pra se acampar, rs.

    Inté.

Leave A Reply

* All fields are required