Como NÃO se relacionar com o cliente

Frequento bastante gráficas rápidas e um cartaz que vi hoje de manhã em uma delas me fez pensar como é que uma empresa do tamanho da Claro pode ser tão ruim em marketing. O fato é que a gráfica comprou um serviço de celulares corporativos vendido pela empresa como se fosse a telemaravilha do mundo pós-moderno.

Só que, depois de assinado o contrato, eles descobriram que os telefones simplesmente não funcionam dentro da empresa (problema de sinal, alcance da antena ou coisa do tipo).

Impossibilitados de usar o serviço por motivos óbvios, solicitaram o cancelamento. Mas, pasmem: a Claro exigiu uma multa de rescisão contratual altíssima, pois o contrato exigia fidelidade de um ano. Não é surreal?

Indignados, eles continuam pagando o serviço, mas fizeram adesivos e cartazes e estão espalhando a qualidade dos serviços Claro pelos 4 cantos.

Como é que uma empresa que, em princípio, deveria existir para facilitar a comunicação entre as pessoas consegue perder a noção de um jeito tão irreversível?

Sinceramente, está fora do meu alcance; não consigo achar uma única explicação plausível. Numa hora dessas, só me resta apoiar a campanha, pois poderia ser comigo (ou com você).

4 Responses

  1. Avatar
    Erly Miranda
    Responder
    2 dezembro 2009 at 3:46 pm

    O meu é Claro..e não funciona!
    :/

    Suck’s!

  2. Avatar
    2 dezembro 2009 at 4:11 pm

    “Casa de ferreiro e espeto de pau” diria a minha avó…

  3. Avatar
    Oscar Henrique
    Responder
    8 dezembro 2009 at 7:23 pm

    Há mais de dois anos que a claro não quer desbloquear o meu aparelho de celular, as desculpas são de arrepiar de tão evasivas; não tive outra escolha a não ser abrir um processo judicial contra ela.

    É CLARO que NÃO PRESTA esta operadora “ESCURO”.

    Quem estiver com peninha ou é adepto do masoquismo escolha a “CLARO” e divirta-se

Leave A Reply

* All fields are required