Era só o que faltava!

Acabei de ler no Querido Leitor que o McDonald’s vai trocar o vermelho de sua marca por um tom de verde para parecer mais “amigo do ambiente“.

Estava demorando para começar a palhaçada. Será que esse pessoal que cuida do marketing da empresa pensa que todo mundo é otário? Desde quando mudar a cor da marca muda a sua identidade?

Se a moda pega, daqui a pouco a Coca-Cola vai ficar verde, o PT vai ficar verde, os ônibus e orelhões ingleses vão ser pintados de verde, a C&A e a Renner se tornarão verdes e todo mundo cantará musiquinhas ambientais de gosto duvidoso achando-se os guardiões da natureza.

Senso de ridículo às vezes desaparece e fica tão raro no mundo corporativo que a gente fica se perguntando se eles realmente estão falando sério ou é só uma pegadinha. Espero que seja a segunda opção — prefiro piada sem graça do que falta de noção no trato com coisas sérias.

mcverde

11 Responses

  1. Avatar
    26 novembro 2009 at 4:58 pm

    Na Elle francesa a publicidade do Mc Donalds já é amarela e verde desde o ano passado. A primeira campanha que eu vi com as novas cores eu simplesmente não reconheci…

  2. Avatar
    Clô♥
    Responder
    26 novembro 2009 at 6:02 pm

    Eu sempre ouvi dizer que a cor vermelha “abre o apetite”, porém vejo que estas grandes empresas estão se “vestindo de verde” para termos a “sensação” que não há desmatamento na amazônia, que vivemos num paraiso ecologicamente preservado; “tudo verde, tudo verde….”Aff!

  3. Avatar
    iTak
    Responder
    26 novembro 2009 at 8:01 pm

    eu acho que é só mais uma estrategia de publicidade, algo do genero “vamos agora causar polemica e ter um pouco de publicidade gratuita” o que não deixa de ser economicamente [e não ecologicamente como eles fazem transparecer] bem pensado.

    Lígia Fascioni:
    Oi, Catia! mas será que hoje em dia alguém ainda pensa que vale a pena o “falem mal, mas falem de mim“? Sei não, mas acho que eles realmente acreditam que a gente vai engolir como se fosse um pacotinho de fritas…

  4. Avatar
    26 novembro 2009 at 9:56 pm

    Isso é coisa de marketeiro (no pior sentido da palavra. Ou seja: aquele profissional “de marketing” que, na verdade, é um publicitário ruinzinho!)

  5. Avatar
    Jefferson
    Responder
    26 novembro 2009 at 11:13 pm

    Lígia, no site Amenidades do design tem um debate sobre eco design e eles se referem a esse termo: greenwashing, que é tentar “esverdear” uma marca, produto ou iniciativa mas de forma totalmente superficial. Era só o que faltava…

    Lígia Fascioni: Boa dica, vou lá (nossa, visito todo dia e não vi isso). Obrigada!

  6. Avatar
    27 novembro 2009 at 1:56 pm

    Li em algum lugar “an passant” que tinha algo a ver com a tinta verde ser mais ecológica, e não especificamente com a cor (apesar de uma coisa estar ligada a outra). Infelizmente não sei a fonte, mas tinta é tudo tinta, não?

  7. Avatar
    27 novembro 2009 at 5:04 pm

    Responsabilidade social é muito mais que do que uma alteração na logo. Deve-se haver uma alteração de conceito, princípios, e em todos os processos (desde fornecedores de matéria-prima) e descartes. Infelizmente pouquíssimas empresas são verdadeiramente responsáveis. A maioria executa um ou outra ação e utiliza isso como estandarte para o “selo verde”.

  8. Avatar
    27 novembro 2009 at 7:22 pm

    Oi Ligia 🙂

    É exatamente o que o Jefferson falou… nós debatemos sobre isso no primeiro debate pelo twitter feito pelo Amenidades do Design sobre Eco Design.

    Vc pode conferir o que rolou aqui…http://bit.ly/6Aa3Jp mas retirei o que falamos sobre algumas marcas para evitarmos problemas.

    Um bjo grande,
    Carol Hoffmann
    ………………………………………..
    http://www.amenidadesdodesign.com.br
    http://www.twitter.com/carolhoffmann

  9. Avatar
    iTak
    Responder
    28 novembro 2009 at 4:26 pm

    infelizmente ainda há muitas empresas que preferem realmente o “bem ou mal mas falem de mim” e no fundo é isso que se ensina ainda hoje nas universidades, sei porque estou a tirar a licenciatura em Design de Equipamento e Comunicação, e realmente estamos na chamada epoca “eco” e todas as empresas principalmente aqui na Europa querem e pedem-nos uma imagem mais “verde”, enfim esta tendência veio pra ficar e em termos de conceito pelo menos para o logotipo e para a cor basta o tal “vamos usar uma imagem mais verde embora a empresa nao se preocupe com isso” talvez um dia o “eco” entre no conceito empresarial, vamos ter fé!
    e tambem isto tem a ver com os consumidores, eles querem é que o Mc exista, verde ou vermelho não importa, mas se for verde e alguem lhes disser que mudou de cor porque se preocupa com o ambiente o consumidor desinteressado vai realmente engolir a historia juntamente com o seu Big Mc e ainda se vai sentir feliz por estar num estabelecimento amigo do ambiente.

  10. Avatar
    Mauricio Vargas
    Responder
    2 dezembro 2009 at 10:53 am

    O mais legal vai ser pra mim, que não vejo verde.
    Sou daltônico Tritanopo e pra mim, ta cada dia mais normal ver identidades ‘cinza’.

  11. Avatar
    2 dezembro 2009 at 10:26 pm

    Lígia, na verdade ano passado lá na Europa já estava verde em vários lugares. Em outros era preto com amarelo.

    Respondendo a um dos comentários, até onde sei o vermelho, mais do que para abrir o apetite, era para fazer as pessoas entrarem, comer rápido e sair para dar lugar a novos consumidores. É uma cor que deixa as pessoas agitadas, que não permite a convivência por longo tempo. Claro que, isso depende da maneira que for usada.

    Agora, com relação às novas cores, o que se fala na Europa é que trata-se de uma tentativa do Mc Donalds de se desassociar da imagem norte-americana imperialista e consumista. Passar uma imagem mais politicamente correta e, por isso mesmo, quem sabe, ecologicamente correta.

    E não é apenas a marca que tem mudado, o ambiente interno com sua decoração com madeira e o cardápio também foram mexidos. Prova disso é o Mc Café que está por todas partes e as saladas, wraps e sanduíches grelhados que estão disponíveis no restaurante.

    Nota pessoal: pode ser ruim, fazer mal, engordar, o diabo! Mas que é bom um Big Mac, é! E as fritas … crocantes!

Leave A Reply

* All fields are required