Frühling*

A primavera é a estação do ano que eu mais gosto, mas nunca tinha sentido a mudança com tanta intensidade como agora. Quando se tem neve no inverno, essa estação é uma baita mudança no cenário da cidade e no humor das pessoas. Deslumbrada de nascença que sou, não consigo deixar de emocionar com essas folhinhas serelepes que brotam das árvores, antes tão peladas.

Os alemães adoram verde e plantam em qualquer lugarzinho (as floriculturas, para minha surpresa, continuavam cheias de flores vindas de sei lá onde durante todo o rigoroso inverno). Esses bárbaros também são caprichosos com os jardins e já tem florzinha plantada em tudo quanto é lugar, o que enche o coração da gente  de cor.

Tirei umas fotos hoje para vocês curtirem junto comigo. Vem que tem!

Todas as árvores estão brotando ao mesmo tempo; pena que não dá para ter ideia, na foto, do milagre que é isso...
A prefeitura já fez a parte dela...
Tem flor para todos os gostos
As mesinhas já voltaram para a calçada (delícia)!
Pequenos solzinhos (ou soizinhos?) para iluminar o dia
É uma pena que a foto não mostra a loucura que é essa luz de fim de tarde (19 horas!)

* Frühling, como vocês já devem ter desconfiado, é primavera em alemão.

5 Responses

  1. Avatar
    13 abril 2012 at 2:47 pm

    Cada foto bonita, que barato!

    E a cidade tri organizada, até parece “ensaiada” para receber a nova estação. Que cantinho!
    o/

  2. Avatar
    Gustavo
    Responder
    13 abril 2012 at 3:54 pm

    é…não é a toa que minha vovó alemoa sempre gostou das “blumen” (flores, acertei?).

    na casa dela o jardim é todo cuidado com disciplina alemã, da mesma forma que ela criou os filhos..rsrs

    as cidades pequenas aqui de SC sempre tem um paisagismo elaborado e organizado, cidades limpas. =]

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      13 abril 2012 at 5:31 pm

      Isso mesmo, Gustavo! Flor é Blume mesmo (Blumen é o plural)!
      Pois é, isso deve fazer parte da cultura 🙂

  3. Avatar
    Fatima
    Responder
    14 abril 2012 at 12:37 am

    Ai ai ai… deu uma vontade de ir aí. Há um ar de singeleza elaborada. Viu só? Criei a expressão “singeleza elaborada” . Basta vir no seu blog e a gente inventa. Ou… de repente esta expressão já existe há milênioos e eu é que não conhecia… pois é.
    Bjk daqui de Laquna/SC.
    P.S.: Esqueci de dizer algo: o seu “ensaio primaveril”, aparentemente despretensioso, ficou tão lindo que me aliviou um fim de noite que ficara um tanto triste. Na verdade muito bom eu ter ido até Berlim. Estava tão triste aqui na minha cidade porque há pouco duas meninas (irmãs), colidiram de moto com um carro e uma das garotas morreu.

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      14 abril 2012 at 5:36 am

      Nossa, que história triste, Fátima! Que bom que Berlin lhe trouxe algum alento. Adorei o “singeleza elaborada”….ehehehe

      Beijocas 🙂

Leave A Reply

* All fields are required