Mais um capítulo

Hoje recomeçamos a corrida com obstáculos… saímos de Torres cedinho, mas o primeiro trecho não rendeu muito. É que os caramujos gaúchos são mais caprichosos; eles se deram ao requinte de instalar lombadas monumentais ao longo de todos os desvios esburacados, inclusive bem no meio das curvas. O efeito fica sensacional quando você está atrás de 10 caminhões (e na frente de outros 15).

Depois veio a Freeway e foi um bálsamo para os pneus, só que nos outros 350 km até Jaguarão o pacote foi completo: as estradas estavam ótimas, mas fomos açoitados vigorosamente por ventos musculosos acompanhado de uma chuva magrinha, mas competente. Estou tão cansada que a sensação é que passei o dia todos descarregando caixas de melancia no Ceasa… agora a gente só está esperando o restaurante do hotel abrir para devorar qualquer coisa que tenha lá!!

Amanhã temos mais 600 km até Colônia de Sacramento (Uruguai) e vamos ter que dormir cedinho, pois o buquebus sai de madrugada e antes temos que fazer a aduana.

É o melhor cansaço que se pode sentir, daqueles que a gente tinha quando era criança e ficava exausto de brincar o dia inteiro. Delícia essa vida de viajante…

2 Responses

  1. Avatar
    ursula kaercher
    Responder
    12 dezembro 2009 at 11:21 pm

    Ligia, Clonia del Sacramento é simplesmente mágico!!! Não podes deixar de comer a melhor a cazuela de frutos do mar e provar o mais saboroso limoncello do restaurate El Drugstore, na Calle Vasconcelos, 179 . Bom apetit!!
    Beijos
    Úrsula Kaercher

  2. Avatar
    ursula kaercher
    Responder
    12 dezembro 2009 at 11:22 pm

    Ligia, Colonia del Sacramento é simplesmente mágico!!! Não podes deixar de comer a melhor a cazuela de frutos do mar e provar o mais saboroso limoncello do restaurate El Drugstore, na Calle Vasconcelos, 179 . Bom apetit!!
    Beijos
    Úrsula Kaercher

Leave A Reply

* All fields are required