"Nao pode ser!"

Dia 24 foi punk! Rodamos nada menos que 850 km em um retao que corta o país como uma régua! A estrada era até bem boa, exceto por uns 50 km onde a gente tinha que escolher o caminho por entre os buracos (mas dava para pensar com calma, a estrada era deserta) e um trecho de 5 km onde o asfalto havia sido retirado para reforma. Pois bem nesse trecho pegamos chuva e vento (ficamos imundos!). Passando pela policia rodoviária da regiao bem denominada Pampa del Infierno, fomos devidamente extorquidos junto com um gaúcho que estava de carro. Paramos no próximo posto e foi muito engracado – ao me ver descer da moto, o cara teve que rever os seus conceitos. Ele olhava para mim e para a moto e repetia: “É, mas nao pode ser! Nao pode ser!“.

1 Response

  1. Avatar
    alexandre wisintainer
    Responder
    28 dezembro 2007 at 12:28 pm

    Pensas que é fácil é mutchatcha!? A extorsão rodoviária na Argentina é algo isntitucionalizado. Muitos amigos já me falaram dessa prática. Eles amam chocolate Garoto. Dizem que isso resolve na hora de negociar.

    Boa viagem!

    Abraço,

    Alexandre

Leave A Reply

* All fields are required