Ainda bem que as vagas são limitadas

Já pensou se qualquer criança pudesse se “matrícular” nessa escola, sem limite de quantidade, como seria? Essa coisa de estruturar convênios para repasse de métodos pedagógicos é complicada, mas eles podiam pelo menos garantir que quem vai usar a marca foi adequadamente alfabetizado e aprendeu coisas como acentuação, pontuação e uso de maiúsculas, né?

matr_cule

Essa realização é do João Carlos Teixeira.

1 Response

  1. Avatar
    Marina
    Responder
    26 setembro 2010 at 11:03 pm

    hahaha!
    Deve ser a mesma galera que chama pra tomar um cafézinho.

Leave A Reply

* All fields are required