Hagah… arghhh…

22_12_2008_0475799001229975153_studioros1Desde o lançamento do portal do grupo RBS (hagah.com) que eu tento usá-lo, mas é inútil. Parece que nem uma única alma da equipe de desenvolvimento ouviu falar que existe um conceito chamado usabilidade. Qualquer coisa que você queria fazer lá exige pelo menos uma dúzia de cliques. Quer perder o bom humor? Tente descobrir a programação de cinema e veja quantas telas você tem que carregar — chega a ser um abuso.

Pois como estou vendendo meu apartamento e esse portal é do mesmo grupo que publica o Diário Catarinense, o jornal mais lido daqui, pensei em anunciar nos classificados. Como resolvo quase tudo pela Internet e essa é uma operação pra lá de chinfrim (deveria ser pura rotina para eles, que vivem disso), ingenuamente pensei que ia entrar no site, preencher um formulário e pronto.

Pois é, gastei horas revirando aquilo que eles chamam de portal e não achei um único link, escondido que fosse, que pudesse me orientar na operação. Cansada, apelei para o Fale Conosco. Até que responderam relativamente rápido (24 horas), mas apenas me deram números de telefone para onde eu deveria ligar se quisesse fazer o anúncio. E isso não é no jornalzinho do bairro — é no que se considera o maior conglomerado de comunicação da Região Sul.

Simplesmente não acredito que vou ter que ditar um anúncio por telefone às vésperas de 2010. Como é que vão contar o número de caracteres?

Disgusting

3 Respostas

  1. 3 outubro 2009 at 6:25 pm

    Adoro essa sua forma educada (polida) de sentar a ripa nos incompetentes!
    Quer descobrir como o hagah é facil de usar? Vá ao site do Confea e tente obter qualquer informação importante (tipo, nome dos conselheiros federais)
    Abraço. Parabéns pelo seu belíssimo trabalho

  2. Clô♥
    Responder
    3 outubro 2009 at 7:43 pm

    Também escolheram uma letra “muda” (H) Hagah, para se comunicar….hahahah da nisso….

  3. Pedro
    Responder
    13 outubro 2009 at 3:51 pm

    Olá, descobri seu site agora e gsotei muito. Também moro em Floripa, mas vim de fora. Percebi que temos idéias bastante similares. Por isso vou continuar visitando seu blog e procurar conhecer mais sobre seu trabalho. Infelizmente aqui em Floripa estamos rodeados de serviços incompetentes mesmo, é uma pena. Bem… como curiosidade ou preciosidades deste mesmo grupo, é interessante como vendem a imagem de uma super emissora, digital, HD e o escambau, mas ainda trabalha por detrás da capa num sistema todo analógico. Imagine que para veicular um video o cliente precisa enviar o VT em uma fita betaCam, gerada via sistema analógico e com dois dias de antecedência… é muito pra cabeça.

Deixe um comentário

* Todos os campos são necessários