O design de Manaus

Teatro Amazonas

Quando eu era pequena, queria ser aeromoça para poder viajar bastante. Mal sabia eu que tinha um jeito muito mais legal de viajar a trabalho: dando palestras. Passei essa semana em Manaus para participar do 18º NDesign (Encontro Nacional de Estudantes de Design). Fiquei encantada com a organização e a capacidade de trabalho da moçada.

A pena é que não deu para andar muito pela cidade, mas valeu principalmente pelas pessoas que tive a honra e a oportunidade de conhecer. Pude ter o privilégio de assistir a uma palestra com a extraordinária Lucy Niemeyer; fui passear no centro histório com a Renata Rubim, a maior autoridade no Brasil em Design de Superfície, entre outras pessoas muito bacanas.

Como quase toda cidade grande brasileira, Manaus tem espaços mal cuidados e muito poluídos visualmente. Mas o centro histórico é muito bem cuidado e as pessoas são bem coloridas (já tinha notado isso em Belém; aqui no sul a gente é comedido demais com as cores). O que mais me impressionou foi que qualquer quintalzinho ou terreno baldio dentro do perímetro urbano é mata fechada mesmo, praticamente impenetrável. E a UFAM (Universidade Federal do Amazonas), onde o evento aconteceu, é bem no meio da floresta. Não vi nenhum bicho (eles deviam estar um pouco assustados com tanta movimentação no Campus, com apresentação de bandas e várias manifestações artísticas), mas vira e mexe o pessoal encontra preguiças, macaquinhos e até cobras por lá.

Tive poucas horas para passear centro histórico, mas valeu demais (olha as fotos). E os estudantes estão de parabéns, o evento foi show!

Manaus

Casas abandonadas perto do porto.

centro histórico Manaus

Centro histórico restaurado: uma graça.

gente colorida

Eita gente mais colorida…

Os moreno de Manaus

“Os moreno” de Manaus.

asas da cor

Voltando para casa.

4 Responses

  1. Avatar
    6 junho 2008 at 5:28 pm

    Lindas as fotos, Lígia. Ta aí um lugar que gostaria de conhecer no país: Manaus. Beijo e até mais.

  2. Avatar
    Josiane Nascimento
    Responder
    9 junho 2008 at 7:24 pm

    Oi Lígia,
    Assisti sua palestra no N, e fico feliz que tenha gostado do evento e de Manaus (como uma boa manauense ficaria).
    Mamae também me dizia para ser aeromoça. Mas eu não quis, mas se tratando de viajens tenho q concordar, é muito bom.

    Até
    🙂

  3. Avatar
    17 junho 2008 at 4:24 pm

    Lígia, cheguei atrasada, mas não dá pra não comentar:

    Toda a família do meu pai é amazonense, e foi um trisavô o artífice de tudo que é de bronze e ferro no Teatro Amazonas. Orgulho meu :o)
    Bjs

    Suzana

  4. Avatar
    decosalgado
    Responder
    28 outubro 2008 at 4:01 pm

    que bom que gostastes de Manaus.

* All fields are required