Oslo

Estava tão focada no passeio de navio que quase não me preparei para ver Oslo (geralmente estudo a história da cidade e os lugares que quero visitar). Sabia que queria ver a ópera e o Vigeland Park, mais nada. Nossa, quantas surpresas! O Vigeland vai merecer um post à parte, pois me comovi até às lágrimas com a experiência, mas também descobri outros lugares bem lindos.

É certo que a nossa percepção da cidade tem relação com o clima; para a gente, que tinha vindo de uma semana praticamente sem ver sol, foi como uma dádiva, literalmente vinda dos céus. O dia em Oslo é só um pouquinho mais curto do que em Berlin nessa época do ano, de maneira que chegamos às 4 da tarde e já era quase noite. Mas em compensação, tínhamos o dia seguinte quase todo para explorar a cidade e ganhamos o sol mais lindo do mundo de presente de ano novo!

A nova ópera, inaugurada em 2008, parece obra do Niemeyer (mas é da empresa norueguesa Snøhetta, que ganhou um concurso com mais de 350 participantes). A ideia é que o prédio lembre um iceberg (e até que, em parte, ele cumpre mesmo a missão). O concurso foi lançado em 1999 como parte das comemorações do ano 2000, quando Oslo completou 1.000 anos (!). Olha, só faltou assistir uma ópera mesmo, pois apreciei o monumento sob todos os ângulos possíveis; até no telhado subi (era proibido, mas tinha um monte de gente subindo e um cenário desses é capaz de perdoar qualquer pecado).

Há também uma área relativamente nova, construída na região das docas e marinas que se chama Aker Brygge e é espetacular! Andei a pé o dia todo e caminhei bastante (o parque Vingerland é um pouco afastado do centro); assim pude ver como os prédios mais antigos são maravilhosos.

Pena que a Noruega é tão escandalosamente cara (comentei sobre isso no post anterior), mas com certeza é um dos lugares que entraram na lista para serem revisitados.

Segue aí uma amostra da cidade e desse por-do-sol espetacular (para ver mais fotos, clique aqui e vá ao Flickr).

Marinas são sempre lindas
Essa luz estava tão linda que deu até vontade de chorar
Estava tudo congelado mesmo assim (é inverno!)
A ópera do gelo
Neve e sol: tem coisa mais bonita?
Essa escultura de vidro fica dentro da água, em frente à ópera
Dias assim amam espelhos
Mais uma vista da prima-dona em todo seu esplendor
A cidade tem muitas obras: foto tirada de cima do telhado da ópera
Companheiros de crime
A parede externa é revestida com metal; o sol adora...

2 Responses

  1. Avatar
    Joel Rhenius
    Responder
    8 janeiro 2013 at 10:57 pm

    Oi Ligia, como sempre um belo texto e fotos mais maravilhosas ainda, vc nos provoca uma inveja branca, forte abs e lembrancas ao Conrado, tudo de muito bom a todos

  2. Avatar
    Clotilde♥Fascioni
    Responder
    10 janeiro 2013 at 7:04 pm

    espetacular

Leave A Reply

* All fields are required