De novo em Puerto Madryn

Saímos de Caleta Olivia com 10ºC de temperatura e chegamos aqui em Puerto Madryn com 25ºC; entre uma coisa e outra, aconteceu de tudo. A temperatura subiu, desceu, o vento virou de todos os lados, ficou forte, muito forte e fortíssimo; desviamos de várias nuvens ameaçadoras, enfim, ninguém reclamou de tédio.

Num posto do caminho acabamos encontrando o Hanno e a Sandra, de Rio do Sul. Já havíamos trocado vários e-mails quando ele estava planejando ir ao Paso San Francisco, mas nunca tínhamos nos visto pessoalmente. Ele prontamente nos reconheceu quando entramos no posto por causa das fotos do blog. A internet é uma coisa muito bacana, né?

O Hanno é o moderador do grupo Brazil Rider´s e deve ser um monstro, pois ontem eles andaram por toda a Península Valdés de moto (400 km de rípio péssimo com trechos de areia fofa e vento fortíssimo; até o Conrado que adora uma estrada de terra preferiu alugar um carro quando estivemos aqui uns anos atrás). Nunca conheci ninguém que tivesse feito isso (até porque é muito chato ficar carregando o capacete num passeio para ver os bichos).

Agora eles estavam indo até Perito Moreno (nao o Glaciar, a cidade) cruzar para o Chile e subir pela Carretera Austral. Muito bacanas os dois, quem sabe a gente ainda se encontra em Rio do Sul no ano que vem.

Estudamos um pouco melhor o roteiro de volta e vamos amanha até Baía Blanca (720 km, só para morder a língua…eheheh).

Conrado com a chuva à espreita
Conrado com a chuva à espreita
Puerto Madryn
Puerto Madryn

2 Responses

  1. Avatar
    29 dezembro 2009 at 4:18 pm

    Tem uma declaração de amizade lá no meu blog para você!

    confere lá!
    http://aosabordoventoo.blogspot.com/
    Bjinhus
    JuhCimiano

  2. Avatar
    Tamara
    Responder
    30 dezembro 2009 at 7:03 am

    Ligia, estou acompanhando toda sua viagem por aqui, e estou louca pra fazer uma dessas, lugares lindos que agente nao sabe que assisti hehe

    BjaoOo e boa voltaa!

    Feliz Ano Novo!

Leave A Reply

* All fields are required