Sexênio, imodificável e demissão

IMG_6547

Mais um contículo criado a partir de 3 palavras achadas aleatoriamente no dicionário (exercício de criatividade; tente fazer em casa!).

***

O deputado Túlio Ricardo não aguentava mais aquela situação. Sexênio, seu secretário particular há anos, estava escondendo alguma coisa desde anteontem, quando voltou das férias no Qatar. Aquele arzinho de quem sabe mais que os outros não o enganava não; ele já tinha pêgo o rapaz rindo sozinho várias vezes sem nenhum motivo aparente. TR tinha que descobrir o que era.

Perguntar diretamente não era uma opção; não era à toa que o sujeito havia sido criteriosamente escolhido para ser seu assessor em assuntos randômicos. Nunca responder a uma pergunta era uma arte que ele cultivava com dedicação desmedida há muitos anos — tempo suficiente para tornar esse traço do seu caráter imodificável.

Mas nada que um bom detetive particular não pudesse resolver. O relatório estava agora sob sua mesa. Quem diria… então Sexênio tinha participado como ator num curta metragem alternativo e recebeu um prêmio como revelação no festival nacional de Qatar. Ganhou uma dinheirama de respeito e agora era celebridade naquelas bandas. Sexênio agora era Sex.

Céus, e agora? Se Sexênio pedisse demissão, quem iria atender ao telefone quando a ex-mulher de TR ligasse?

O deputado tomou a decisão: iria se matricular urgentemente num curso de teatro e providenciar passagens para o Qatar. Sem Sexênio, ele ficaria aqui completamente à mercê de Vandycreude. Resolveu então que tentaria a carreira artística e ficaria lá por pelo menos seis anos…

3 Responses

  1. Avatar
    Fatima
    Responder
    10 novembro 2011 at 1:57 pm

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHA em linguagem manezês poderíamos dizer:-
    ” Arrombássi, Lígia!”. Menina sabe que eu tô “botando reparo” nesses teus inventos literários… acho que estás crescendo nos contículos!
    Lígia: toca em frente, periga essa coisa dar mó pé e virar um livro, no mínimo, diferente. Gostei! Garanto que Sexênio é um barato.
    Quanto à foto do cara na piscina, simplesmente … morri de inveja, tipo: porque não tive eu essa idéia? Ahahahaha. Abraço daqui da terra de Anita. Fatima Barreto Michels.

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      12 novembro 2011 at 11:16 am

      Aahhaah…. que engraçado, e eu tinha achado esse o mais fraquinho dos contículos até agora, pois estava com muita pressa. Boa ideia, quem sabe um dia eu junto todos numa coleção…
      Beijocas e obrigada!

  2. Avatar
    10 novembro 2011 at 2:19 pm

    Que idéia! Muito original.
    Parabéns!

Leave A Reply

* All fields are required