Molécula-man

O molécula-man, obra do americano Jonathan Borofsky, foi inaugurado em 1999 bem no meio do rio Spree e representa a união dos três bairros adjacentes: Friedrichshain, Kreuzberg e Treptow. Na verdade, o molécula-man está fatiado em três silhuetas de 30 metros de altura. Elas são feitas de um ferro todo furadinho (representando as moléculas) e estão distribuídas a 120° uma da outra.

A ideia do artista foi remeter ao fato de que tanto as pessoas como as moléculas existem num mundo governado pela probabilidade; o objetivo é encontrar a unidade e a completude. Contra a luz dá para entender bem a ideia, pois o efeito fica muito interessante.

Não é super-herói nem nada (nem combinaria com Berlin), mas o homem furadinho que na verdade é três, sempre me encanta quando passo e olho para ele. Fico pensando que a gente é assim mesmo, cheio de moléculas. Felizes são os que estão sempre cuidando para não deixar a tristeza e as mágoas entupirem os furinhos; só assim o vento pode passar…

L1080418

L1080419

L1080422

L1080424

2 Responses

  1. Avatar
    Clotilde♥Fascioni
    Responder
    23 julho 2013 at 5:57 pm

    muito bacana

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      24 julho 2013 at 12:58 pm

      Você passou ao lado deles quando fizemos o passeio de barco, Clô! Dá uma procurada nas fotos 🙂

Leave A Reply

* All fields are required