top 10 de dezembro: um pouco de Berlim e muito de Lisboa

Apesar de ter passado apenas seis dias em Lisboa, o céu cinematográfico não deu muita chance para os dias tipicamente cinzentos de dezembro em Berlim. Não teve jeito, as mais curtidas foram mesmo as maravilhosidades lisboetas que alimentaram os olhinhos dos meus seguidores. Vamos passear então?

#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra o sol nascendo às nove horas da manhã em um dia que promete ser tão belo quanto frio. Ao fundo, a silhueta da Catedral de Berlim, à beira do rio Spree. Um pássaro cruza a cena. — at Museum Island.
1. Foram vários cliques até o passarinho ficar no lugar que eu queria. Demorou, mas funcionou! #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra o sol nascendo às nove horas da manhã em um dia que promete ser tão belo quanto frio. Ao fundo, a silhueta da Catedral de Berlim, à beira do rio Spree. Um pássaro cruza a cena. — at Museum Island.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra um carrossel iluminado (é noite). O fundo é vermelho e as luzes são amarelas. A foto foi tirada na Alexanderplatz.
2. As feirinhas de Natal são maravilhosas! Dão uma aquecida e uma colorida nesse mês tão frio. A magia dos carosséis toma conta da cidade; impossível não se encantar! #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra um carrossel iluminado (é noite). O fundo é vermelho e as luzes são amarelas. A foto foi tirada na Alexanderplatz.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra o interior de uma livraria com suas estantes lotadas em dois pavimentos. Pendurada no teto, uma escultura de uma bicicleta voadora ❤️ — at Livraria Ler Devagar.
3. E essa livraria maravilhosa em Lisboa? A escultura é do artista ítalo-lusitano Pietro Proserpio. O prédio era uma antiga gráfica e ainda conserva todas as máquinas. Imperdível! #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra o interior de uma livraria com suas estantes lotadas em dois pavimentos. Pendurada no teto, uma escultura de uma bicicleta voadora ❤️ — at Livraria Ler Devagar.
 #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra uma senhorinha de costas caminhando por uma rua típica do Bairro Alto-Chiado. A luz está perfeita. — at Rua da Rosa.
4. Essas ruas do bairro Alto-Chiado são tão maravilhosas que parece que a gente está caminhando dentro de um filme. Se por perto tiver senhoras portuguesas conversando com aquelas expressões engraçadas que só elas usam, aí você se transporta totalmente. #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra uma senhorinha de costas caminhando por uma rua típica do Bairro Alto-Chiado. A luz está perfeita. — at Rua da Rosa.

#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra duas senhoras portuguesas conversando em um beco do bairro Alfama. O dia está cinematográfico! — in Alfama, Lisboa, Portugal.
5. Falando em senhorinhas conversando, essas duas estavam maravilhosas demais para não registrar…#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra duas senhoras portuguesas conversando em um beco do bairro Alfama. O dia está cinematográfico! — in Alfama, Lisboa, Portugal.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra uma vista da estação Gare do Oriente, com uma cobertura que parecem velas intercaladas num bordado maravilhoso. As curvas e retas são harmônicas; o vidro transparente refletindo o céu faz predominar a cor turquesa.
6. Tem a parte antiga, mas também tem a arquitetura moderna, que dá um show. Obra do genial arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a Gare do Oriente é uma estação de trem construída para a Expo98; aliás, como todo esse bairro que tem, dentre outras obras, um aquanário. #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra uma vista da estação Gare do Oriente, com uma cobertura que parecem velas intercaladas num bordado maravilhoso. As curvas e retas são harmônicas; o vidro transparente refletindo o céu azul faz predominar a cor turquesa.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra uma senhora descendo a rua com sua bengala. Na calçada, um varal cheio de roupas coloridas. — at Barco Do Garcês- Retiro Do Peso Pesado.
7. Os portugueses e a arte de pendurar roupais em varais externos, nas ruas e janelas. Não me lembrava mais dessa característica (a última vez que estuve em Lisboa foi em 2000) e achava que só os italianos dominavam a matéria. Fica lindo!!! #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra uma senhora descendo a rua com sua bengala. Na calçada, um varal cheio de roupas coloridas. Um hidrante vermelho vivo é destaque na cena. — at Barco Do Garcês- Retiro Do Peso Pesado.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra o prédio da marinha portuguesa, todo azul, refletido no espelho d’água. — at Ribeira das Naus.
8. O capricho com o prédio da marinha, à beira do Rio Tejo mostra o quanto os portugueses se ocupam das águas. Não é para menos; as maiores descobertas vieram pela navegação. #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra o prédio da marinha portuguesa, todo azul, refletido no espelho d’água. — at Ribeira das Naus.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra a ponte 25 de abril vista do Maat, Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa. O céu está azul, azul, bem como as águas do Tejo. — at Museo Maat - Lisboa Portugal.
9. Mais arquitetos contemporâneos dando show em Lisboa. O Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) é obra da arquiteta britânica Amanda Levete e não podia ser mais harmônico com a orla. #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra a ponte 25 de abril vista do Maat, Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa. O céu está azul, azul, bem como as águas do Tejo. — at Museo Maat – Lisboa Portugal.
#paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra a porta de um galpão que funciona como garagem. Nas paredes altas da fachada há um grafite representando uma águia de terno azul marinho cuja gravata traz um cifrão estampado. Elas está pintada entre duas colunas e há dois carros estacionados em frente. Parece que os carros são seus sapatos. — at LXFactory.
10. Street art não poderia faltar nessa coletânea. Tem muita coisa linda em Lisboa, mas me encantei por essa águia com cara de malvada! #paracegover Descrição para deficientes visuais: a imagem mostra a porta de um galpão que funciona como garagem. Nas paredes altas da fachada há um grafite representando uma águia de terno azul marinho cuja gravata traz um cifrão estampado. Elas está pintada entre duas colunas e há dois carros estacionados em frente. Parece que os carros são seus sapatos. — at LXFactory.

1 Resposta

  1. Ênio Padilha
    Responder
    7 janeiro 2018 at 12:19 pm

    Bah! Eu que achava que esse mês ia ser fácil, depois daquela foto das senhorinhas de Lisboa… me deparo com esta seleção de belezuras. Que dificuldade! Vou, pela primeira vez, ficar em cima do muro: A foto número 1 (com o pássaro posando pra foto); a foto número 5, das senhorinhas; e essa número 8, do prédio da Marinha Portuguesa. Meu Deus!

Deixe um comentário

* Todos os campos são necessários