Sobre ter certezas

O título “On being certain: believing you are right even when you’re not” (Tradução livre: “Sobre ter certezas: acreditando que você está certo mesmo quando não está”) me atraiu logo de cara. Mas confesso que achei a obra do neurologista Robert A. Burton muito chata.

Sabe aqueles livros que poderiam ter sido apenas um bom artigo, mas precisam preencher 250 páginas, então ficam recheados com um monte de histórias intermináveis? Então. Mas se abusa um pouco da paciência do leitor, não chega a  não tira o valor do conteúdo.

Continue reading “Sobre ter certezas”