Crise de identidade (da braba!)

Gente, será que são meus olhos que têm um radar para coisas assim? Tem coisas que vejo e não acredito!

Pois bem, estava passando na rua quando uma vitrine muito original me chamou atenção; tinha um computador todo desmontado, um relógio analógico, um contador de LED digital, jornais e outros objetos. Tudo muito conceitual, fiquei curiosa. Aí fui olhar direito e era um salão de… cabeleireiro!

 

Acompanhem.

IMG_6320 IMG_6321

Não entendi o que quer dizer “open – 21.00 h” (talvez seja um jeito de dizer que fica aberto até às 21 horas, vai saber), mas isso é o de menos. Na verdade, não entendi nada, reparem bem.

 

IMG_6322_2

 

Um perfil de homem correndo com de peças de computador, relógios, jornais de negócios…hummm… essa instalação artística parece estar querendo representar a correria do dia-a-dia. O sujeito parece ousado, vai ver que foi a maneira que ele encontrou de dizer que faz cortes rapidamente e atende homens de negócios ocupadíssimos, sei lá.

Mas aí tinha uma outra porta pertencente ao mesmo salão. Fui olhar e desisti. Jogo a toalha. Olha só qual é a especialidade do salão:

IMG_6323

Extensões capilares de grandes comprimentos. Tem trabalho mais demorado que esse para se fazer em um salão? E não tem nada aí dizendo que é alguma inovação que faz o processo ficar mais rápido. Juro que procurei.

Homens de negócios apressados e alongamento de fios: tudo a ver. SQN.

 

Alguém aí me explica, plis?

3 Respostas

  1. Camila
    Responder
    27 junho 2013 at 10:36 pm

    Lígia, desculpe fugir do post, mas gostaria de pedir sua opinião a respeito daquela questão tão tabu entre os designers…

    Designer de sobrancelha é designer?
    “Cake Design” é um termo certo para quem cria bolos “diferenciados”?

    Em cima do conceito de tripé que você defende:

    1- projeto
    2- conceito
    3- estética (aquilo que sensibiliza nossos sentidos)

    O termo “design de sobrancelha” é valido na minha opinião… cake designer também.
    Não sei se vc ja fez sobrancelha com “designer” mas o profissional mede seu rosto todo!
    Risca daqui, risca de lá… segue uma tendência: sobrancelhas grosas, finas etc.. “levantam” o semblante… enfim… gostaria de saber a sua opinião…

    Sempre que entro nessa discussão com meus amigos de profissão (normalmente em mesas de bar kkk)quase me exorcizam com minha opinião…

    Mas o que vc acha?

    Aproveito para dizer que seu blog e seu trabalho é muito bacana!

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      28 junho 2013 at 4:01 am

      Oi, Camilla!
      Penso que o maior problema do designer de sobrancelha é o projeto, pois não dá para replicar em escala o que você fez para uma só pessoa. Se design de sobrancelha fosse design, então médico e dentista também seriam (principalmente cirurgia plástica), já que eles estudam cada pessoa individualmente para resolver o problema com todo cuidado e critérios. Todos esses casos têm um conceito e uma preocupação estética, mas não têm projeto no sentido de uma matriz que possibilite a reprodução em escala (por isso é design industrial). Já o cake designer penso que se encaixa sim, afinal, dá para fazer milhares de tortas iguais segundo o projeto (no caso, a receita).

      Mas, como eu disse, essa é apenas uma das muitas definições de design (é a que eu uso). Não significa que seja a verdade absoluta. Certamente haverá alguma outra definição que contemple o design de sobrancelhas, é só procurar bem…rs

      Na verdade, eu não me incomodo tanto com isso não. Se a pessoa quer usar design de sobrancelhas, use e seja feliz. Acho os designers muito estressados com essas coisas….rs

      Sugiro você procurar uma dessas definições bem genéricas feitas por figurões do design e provar que se encaixa; mais lenha na fogueira agora para as discussões de bar….rsrsrsr

      Beijos e sucesso!!

  2. 4 julho 2013 at 2:48 pm

    Uma boa pergunta, o que essa vitrine quer mostrar?

Deixe um comentário

* Todos os campos são necessários