Sorriso de ouro

Meu amor por Belo Horizonte não é segredo para ninguém; tem pessoas nessa cidade que aprendi a gostar e admirar demais. Uma delas é o Gustavo Greco, da Greco Design.

Ele é o contrário do que se espera de um designer famoso e premiadíssimo (talvez porque seja advogado por formação…rsrsrs): é discreto, sabe ouvir, não fica por aí exibindo sua sabedoria e superioridade e não se cansa de querer aprender mais (passou 4 noites dessa semana sentado numa cadeira para aprender como se aplica o método de definição da identidade corporativa que desenvolvi; não é o máximo?).

Sou fã declarada de Gustavo por um motivo muito simples: se eu tivesse um décimo da competência e brilhantismo do moço, vocês não iriam me aguentar; eu me acharia a rainha da cocada branca, preta, queimada, tudo!

Só nesse ano, o estúdio ganhou nada menos que um leão em Cannes, o Red Hot Design Awards em Berlin, o IDEA Brasil, o London International Awards, o El Ojo de Iberoamerica e a Bienal Iberoamericana de Design, para citar apenas os mais famosos.

Já tinha visitado a casa onde eles trabalham no ano passado e me encantei (queria trabalhar lá); o lugar é lindo (olha aqui).

Mas vou deixar vocês com dois projetos deles que eu acho mais sensacionais. O primeiro é o projeto de sinalização do consultório de ortodontia Dauro Oliveira (uma ideia simples e genial, que usa os brackets e arames como material).

Agora, o projeto de sinalização da Bienal Brasileira de Design, cuja tipografia é um luxo só.

Como vocês podem ver com os próprios olhos, eles não ficam dando troféus assim para qualquer um não….

1 Response

  1. Avatar
    Clotilde Fascioni
    Responder
    27 novembro 2012 at 6:06 pm

    Maravilha.

Leave A Reply

* All fields are required