Semáforo virtual

Côsalinda quando um designer põe o processador cerebral em funcionamento. Olha só a ideia genial o Hanyoung Lee teve: em vez de acender uma reles lampadinha vermelha, o semáforo deveria projetar uma parede vermelha virtual que “fecharia” a rua. Ninguém passaria distraído e dificilmente os apressados furariam o sinal. Tomara que alguém com poder de decisão saiba disso para colocar logo a maravilha em prática. É ou não é?

vc01

Achei lá no Follow the Colours.

4 Responses

  1. Avatar
    19 novembro 2009 at 10:14 pm

    Aqui em Belém ia ter muita gente atropelando luz vermelha…

  2. Avatar
    20 novembro 2009 at 8:01 am

    Muito Bom e com certeza muito caro.

  3. Avatar
    20 novembro 2009 at 9:58 pm

    Complementando a ideia: aos que atravessarem a luz vermelha…zap… teletransporte para uma galáxia bem distante…p/ não mais desrespeitar leis por aqui.
    Hehe.

Leave A Reply

* All fields are required