Gente normal

Normal People, de Sally Rooney, ganhou vários prêmios e até virou série na BBC; então, quando vi um exemplar para vender num marcado de pulgas, não tive dúvida. 

Inclusive confesso que comecei a lê-lo há uns dois anos e larguei nas primeiras páginas porque pensei: “Ah, não, romance adolescente… tô fora!”. Mas há algumas semanas resolvi dar outra chance a ele e, olha, não me arrependo.

A autora é uma mestra em descrever relações sentimentais complicadas (acho essa tarefa uma das mais difíceis na escrita — traduzir sentimentos).

A história começa com Connell indo pegar sua mãe Lorraine, que é diarista, na enorme casa onde mora Marianne e sua família. Eles são adolescentes moram numa pequena cidade no interior da Irlanda e estudam na mesma escola.

Continue reading “Gente normal”