Bom demais para ir para o lixo

Tem uma campanha do governo alemão rolando aqui que bem poderia ser reproduzida no Brasil. Chama-se “Zu gut für die Tonne” ou “Bom demais para o lixo“.

É o seguinte: um estudo da Universidade de Stuttgart descobriu que cada alemão joga fora, por ano, cerca de 82 kg de comida. Juntando a população do país todo, dá absurdas 6,7 milhões de toneladas por ano de comida jogada no lixo. E comida é uma coisa que dá trabalho produzir: requer muita água, muito espaço, muita gente trabalhando e queima um montão combustíveis fósseis no transporte. Em última instância, além de contribuir com a destruição do planeta, jogar comida fora é rasgar dinheiro.

Só para se ter uma ideia, lá se vão 700 litros de água para produzir apenas 1 kg de maçã. Mais 1.300 litros para 1 kg de pão (considerando que tem que plantar o trigo e irrigá-lo). Para 1 kg de queijo, a conta fica em 5.000 litros. Se pensar em 1 kg de carne, mais 15.000 litros. Depois ninguém sabe porque o planeta está ameaçado e estamos todos indo para o buraco. Quantos milhões de litros de água a gente joga fora só em comida? E se considerar o transporte e o resto do impacto, então, é para dar vergonha mesmo.

A pergunta que não quer calar é: por que jogamos tanta comida fora? A campanha responde: primeiro, a gente compra mais do que precisa. Depois, não sabemos conservar os alimentos corretamente. Por último, não comemos direito.

A campanha dá dicas para comprar melhor (ex: não se deixar seduzir por promoções que forçam você levar para casa uma quantidade maior do que precisa; fazer um planejamento e sempre levar uma listinha, etc); para conservar melhor (ex: não encher demais a geladeira, embalar corretamente, dicas de como conservar cada tipo de alimento); e para comer melhor (ex: tem várias dicas e receitas para aproveitar sobras).

Eles distribuem cartões postais com receitas e dicas, além de espalhar vários cartazes pela cidade. Mas o mais legal são as garotas-propaganda da campanha. Olha só que fofuras!

Penso que a ideia podia também ser aplicada no Brasil, onde desconfio que a gente desperdice mais ainda (no nosso caso, o desperdício acontece até antes da gente comprar, durante o transporte e o armazenamento).

O site da campanha é esse aqui para quem quiser saber mais: www.zugutfuerdietonne.de.

4 Responses

  1. Avatar
    Valéria de Cássia Costa
    Responder
    13 maio 2012 at 10:07 pm

    Moro em SP, quero saber se tem curso com a Ligia? e me avisar quando for em SP.
    Estou finalizando um TCC e gostaria muito de

    citar: Segundo Fascioni (2007), temos a definição de Marketing Digital como uma maneira de se fazer marketing através de ações de comunicação que as empresas utilizam com recursos digitais, podendo ser representados via Internet.
    Pois preciso definir o que é Mkt Digital.

    Comprei o livro DNA, pensando que fosse ele, mas tenho que entregar o trabalho esta quarta e não sei de qual livro e a página que esta esta citação, pois o endereço mencionado no site não tem a citação, se caso tiver em algum local na internet tb serve.
    Grata
    Valéria

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      14 maio 2012 at 12:49 pm

      Oi, Valéria! De onde você tirou o texto onde falo isso? É um artigo científico ou uma coluna?
      Abraços e sucesso!

  2. Avatar
    14 maio 2012 at 8:03 am

    É muito legal a campanha e aqui pra nós – Preta e eu – caiu como uma luva. Estamos produzindo na área da sacada da frente, em floreiras os temperos que usamos: cebolinha, alho, sálvia, salça, estragão e pimenta dedo de moça. É uma expriência recente e muito estimulante. É impressionante o efeito que sentimos ao saborear o aliento com o termpero dsa nossa “horta”. O partamento tem 90 metros de área privada e a sacada tem 3 por 1,5m e é onde fica a churrasqueira e onde secamos as roupas do diário. Além disso cultivsmos 10 pés de violetas e outras pequenas variedades na soleira da janela da área de serviço. Por e-mail mandaremos fotos. Bjos de nós procês.

    • ligiafascioni
      ligiafascioni
      Responder
      14 maio 2012 at 12:47 pm

      Ai, que lindo, meu guru!!! Agora meu ídolo é neoagricultor, adorei! Beijos e muuuitas saudades!!

Leave A Reply

* All fields are required